Estudante de 12 anos demonstra interesse na política e realiza entrevista com o candidato Tiago Dias

05 de outubro de 2018, 10:50

O estudante José Durval Silva, aluno do sétimo ano do ensino fundamento, do Colégio Municipal Gilberto Dias de Miranda, de Jacobina (Comuja), teve a iniciativa de entrevistar o vereador e candidato Tiago Dias, um dos postulantes a uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia. Problemas locais, prisão do ex-presidente Lula e projetos apresentados por Tiago Dias enquanto vereador foram alguns dos assuntos abortados.

José Durval – Candidato Tiago Dias, quais são os seus projetos que irá defender e apresentar caso seja eleito?
Tiago Dias – O deputado é um intermediador entre a comunidade e os órgãos do Governo do Estado. Na verdade iremos ter duas plataformas, uma é encaminhar as demandas que já temos em mente e a outra é ouvir a população e encaminhar esses anseios. Temos como prioridade neste primeiro momento é de dizer ao governador que nossa região, o território, necessita urgentemente de um hospital territorial com resolutividade. A policlínica já vai ajudar na questão dos exames, porém será um diagnóstico, mas se você precisar de uma cirurgia terá que fazer em Salvador. Além da policlínica que irá solucionar trinta por cento, nós precisamos de uma unidade que tenha resolutividade. Estamos em um território que tem aproximadamente trezentos mil pessoas e não temos nenhum leito de UTI. É inaceitável que na atualidade, com tantos impostos que o cidadão e a cidadã paga, nós não temos este tipo de serviço que é uma política e que é um direito constitucional. Isso é só um exemplo, mas precisamos de diversos outros exemplos como oncologia, cardiologia, ortopedia e outros equipamentos modernos que dê resolutividade nessas áreas.

José Durval – Sobre a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, um dos principais assuntos da atualidade, o que o senhor acha. Foi algo justo ou injusto?
Tiago Dias – Não tive acesso diretamente a todo o processo, porém o que a gente ver é que está mais para uma prisão política, pois existem diversas denúncias contra outras lideranças que também deveriam estar na cadeia. Não estou dizendo que o presidente Lula errou e não tenha que pagar, todos que erram tem que pagar porém a gente percebe que está existindo seletividade no momento da sentença judicial. É preciso que a gente passe o país a limpo. Não deveria a gente está tratando de corrupção, pois é uma coisa que não deveria existir, mas existe e deve ser punido e a cada dia endurecer mesmo. Talvez isso acontece porque as pessoas acreditam que nunca serão atingidas. A questão do presidente Lula, se ele errou tem que pagar, mas o que vejo é que a prisão de Lula é uma questão política e não de fato pelo que está sendo denunciado. Se a prisão foi por corrupção deveria estar preso muito mais gente e não apenas o ex-presidente Lula.

José Durval – O senhor pode destacar algum projeto de lei que apresentou como vereador de Jacobina e que considera importante?
Tiago Dias – Apresentei um projeto que isenta as pessoas de baixa renda que não pague a taxa de religação de água, pois entendo da seguinte forma, se cortou a minha água porque não tive condições de pagar a conta atrasada como é que vou pagar a conta e a taxa de religação? Por conta disto nós colocamos o projeto na Câmara para isentar com critérios as pessoas que apresentam alguns pré-requisitos.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS