Escovar os dentes antes ou depois das refeições? Eis a questão

11 de setembro de 2019, 08:49

(Foto: Reprodução)

Veja o que diz o especialista Alan Carr, consultor da Divisão de Protéses e professor da Mayo Clinic College of Medicine.

Desde criança aprendemos que devemos escovar os dentes logo após as refeições. Contudo, muitos dentistas desmentem esse ‘senso comum’. Alan Carr, consultor da Divisão de Protéses e professor da Mayo Clinic College of Medicine, nos Estados Unidos, explica que dependendo do alimento ingerido é melhor realizar a escovação antes de comê-lo ou passados 30 minutos.

O especialista explica que, quando ingerimos alimentos ou bebidas ácidas, essas substâncias enfraquecem o esmalte dos dentes. Sendo assim, se a pessoa escovar os dentes de imediato pode danificar essa proteção natural da arcada dentária.

Por essa razão, o dentista e professor aconselha que, se você vai ingerir alimentos ou bebidas ácidas, lave os dentes antes. Caso tenha comido algo com maior teor de acidez, aguarde cerca de meia hora para realizar a escovação.

Carr ainda comenta que alimentos açucarados ou com amido fazem com que as bactérias presentes na boca gerem um ácido que também ataca o esmalte dos dentes ao longo de 20 minutos ou um pouco mais.

Por isso, nesses casos é indicada a escovação logo deem seguida — antes que os microrganismos comecem a libertar o tal ácido. Por fim, acrescenta que escolher alimentos com baixa quantidade de hidratos de carbono e açúcar pode ajudar na redução da produção dessa substância prejudicial aos dentes.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS