Eduardo Ribeiro lança candidatura à presidência da Câmara de Vereadores de Jacobina

23 de novembro de 2018, 13:20

O vereador Eduardo Ribeiro, o ‘Dudu do Paraíso’, lançou seu nome como pré-candidato para concorrer à eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jacobina, para o biênio 2019/2020. O anúncio foi feito durante a sessão da Câmara Municipal, na noite desta quinta-feira (22).
Em um discurso rápido e objetivo, Eduardo justificou a decisão como “uma necessidade de mudança na condução dos trabalhos do Legislativo local, sentida pelo clamor da população e até mesmo dos seus pares”. Segundo o vereador, a chapa denominada Renovação é um marco de um novo tempo em que prevalecerá a abertura política e o diálogo com a sociedade. “Vamos dar mais publicidade aos atos dos vereadores e convidar todos os segmentos da sociedade jacobinense para usar a tribuna livre e participar ativamente da vida política do município”, promete.
O edil que é considerado o parlamentar mais próximo do prefeito Luciano Pinheiro compromete, caso seja o escolhido, por em prática uma agenda positiva pra cidade, mantendo uma boa harmonia com o Executivo e primar pela independência e a participação mais efetiva da sociedade nos debates com o objetivo de alcançar os benefícios coletivos.
A pesar de ser jovem na idade e na legislatura, Eduardo é considerado como uma surpresa pela experiência demonstrada na condução do seu mandato. Boa Praça e com um vínculo muito próximo do prefeito, acredita-se que ele seria o único irá dar suporte efetivamente à administração municipal, no sentido de se conseguir a implantar os projetos para o desenvolvimento da cidade.
Eduardo revelou que foi convidado por outros colegas de bancada que já passaram pela presidência da Casa, mas ao agradecer os convites comunicou que seguirá a vontade popular que é o desejo de mudança. “Chegou a hora da mudança, de renovação”, enfatizou, informado que não estão definidos os nomes que comporão a chapa. De acordo o pré-candidato, serão convidados os vereadores que nunca participaram da mesa. A eleição para presidência da Mesa Diretora do Legislativo municipal acontece no próximo dia 20 de dezembro.
O vereador Eduardo Ribeiro que tem 34 anos de idade, é filho da ex-vereadora Nilda do Paraíso e exerce pela primeira vez um mandato eletivo, depois de ter concorrido duas vezes ao pleito; sendo que na primeira candidatura obteve mais de 700 votos e na segunda tentativa, mil e 20 votos, ficando com a quarta melhor votação. Filiado ao DEM, apoia o deputado federal reeleito, Elmar Nascimento.
Logo após o anúncio da pré-candidatura, o atual presidente da Mesa Diretora da Câmara de Jacobina, o vereador Noelson Oliveira declarou o voto no nome de Eduardo Ribeiro, caso a chapa venha a ser concretizada.

Principais sintomas físicos e mentais da abstinência de nicotina

A síndrome de abstinência de nicotina provoca inúmeros sintomas nos ex-fumantes. Contudo, explica um artigo publicado no portal Melhor Com Saúde, esses efeitos colaterais variam em intensidade dependendo da pessoa. 

O fato da nicotina ser uma droga muito viciante faz com que o hormônio conhecido como dopamina seja liberado no cérebro – este hormônio é responsável por aumentar a sensação de prazer e bem-estar. E como tal, o organismo reage negativa e violentamente à ausência da droga.

Ainda assim, a síndrome de abstinência de nicotina não representa qualquer risco para a saúde. Estima-se que os sintomas associados à condição afetam até 85% dos ex-fumantes. 

Os sintomas desta síndrome variam, mas, sem dúvida alguma, o mais comum é a vontade de fumar que pode surgir na presença de múltiplos estímulos, como por exemplo ver outra pessoa fumar, ou inclusive sem uma causa aparente.

Os principais sintomas da síndrome de abstinência da nicotina são os seguintes, de acordo com o portal Melhor Com Saúde:

Sintomas físicos

Aumento do apetite
Tosse
Boca seca
Dor de cabeça
Tontura
Fadiga
Coriza (inflamação da mucosa das fossas nasais; rinite, defluxo)
Dor de garganta, na língua ou gengivas
Sensação de aperto no peito
Ganho de peso
Frequência cardíaca mais lenta ou bradicardia
Obstipação
Hipotensão

Sintomas mentais

Ansiedade, inquietação e irritabilidade
Dificuldade em se concentrar
Insônia e dificuldade para dormir bem
Raiva e frustração
Depressão
Desânimo
Mau humor

Os sintomas da síndrome de abstinência da nicotina normalmente duram de 4 a 12 semanas e surgem nas primeiras 12 a 24 horas após parar de fumar. 

Os especialistas explicam que a fase mais critica são as primeiras duas a três semanas de cessação tabágica. Sendo que os sintomas começam gradualmente a desaparecer e, com o tempo o indivíduo aprende a controlar o desejo de fumar. 

VÍDEOS