Dois torcedores são socorridos após queda em arquibancada no Morumbi

31 de agosto de 2019, 14:08

(Foto: Reprodução)

Iago de Melo atingiu torcedora, que também foi hospitalizada, no anel inferior do estádio em jogo entre São Paulo e Grêmio – 

Um torcedor caiu da arquibancada superior do estádio do Morumbi, na manhã deste sábado, 31, durante a partida entre São Paulo e Grêmio, válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Iago de Melo Reis sofreu uma queda do anel superior do estádio e atingiu uma outra torcedora, menor de idade, que estava nas arquibancadas inferiores.

Iago de Melo Reis sofreu uma queda do anel superior do estádio e atingiu uma outra torcedora, menor de idade, que estava nas arquibancadas inferiores.

Duas ambulâncias deixaram o estádio, seguindo caminhos diferentes. Em sua conta oficial no Twitter, o São Paulo afirmou que eles estavam conscientes e realizarão exames médicos em hospitais da região. “O clube prestará a assistência necessária a ambos”, diz a publicação. 

São Paulo e Grêmio fizeram a abertura da 17ª rodada do Brasileirão, e empataram sem gols. O time paulista subiu para os 31 pontos, subindo, momentaneamente para a terceira colocação. Flamengo e Santos lideram com 33 pontos. O time carioca, na primeira posição, leva vantagem no saldo de gols. Os gremistas, por sua vez, ocupa, agora, a 11ª posição, com 22 pontos.

Esta não foi a primeira vez que um torcedor se acidentou no Morumbi. Em 2016, em uma partida contra o Atlético-MG, pela Libertadores, uma grade no anel inferior do estádio se rompeu, derrubando um grupo de pessoas no fosso. A partida chegou a ser paralisada para o atendimento dos são paulinos.

No ano seguinte, em 2017, antes de um clássico entre São Paulo e Corinthians, pelo campeonato paulista, o são paulino Bruno Pereira da Silva também caiu do anel superior. Ele foi socorrido e levado para o pronto socorro do Campo Limpo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS