Doações da JMC beneficiam cerca de 700 famílias do município de Jacobina

06 de maio de 2020, 12:17

As cestas básicas chegam em um momento em que a população de Jacobina está sofrendo o impacto econômico devido às medidas de isolamento social (Foto: JMC)

Devido ao momento delicado pelo qual o mundo está passando, é preciso que todos se unam e busquem ajudar o próximo. Muitos precisam de auxílio e pequenos gestos e ações podem melhorar a vida de uma pessoa. Seguindo essa premissa, a equipe de voluntariado da Jacobina Mineração e Comércio (JMC) conseguiu arrecadar diversas cestas básicas e como forma de incentivo ao voluntariado, a JMC doou o dobro do número de cestas arrecadadas. Com isso, conseguirão beneficiar cerca de 700 famílias no município de Jacobina.

A JMC percebe que é um momento muito complicado para todos, mas que alguns precisam de mais amparo e necessitam da ajuda do próximo. Pensando nisso, incentivamos a prática de doações dentro da empresa, para que dessa forma possamos prestar apoio aos mais necessitados que vivem na comunidade. Nossa ideia é seguir ajudando de todas as maneiras que estão ao nosso alcance”, declara Edvaldo Amaral, gerente-geral da JMC.

As cestas básicas chegam em um momento em que a população de Jacobina está sofrendo o impacto econômico devido às medidas de isolamento social decretadas pelos órgãos competentes. Diversas pessoas estão sem trabalhar e, pelo fato de muitos possuírem trabalhos informais, estão sem trabalho e sem dinheiro.

Marília Silva da Gama, que mora na Lagoa Dourada, em Jacobina-BA, ressalta a importância do recebimento da cesta básica e da ação da JMC na comunidade. “É muito importante receber esses alimentos que vão alimentar minha família e evitar que a gente passe fome. Estamos afastados do trabalho, sou diarista e meu marido é trabalhador informal, portanto toda a renda da família foi cortada, estamos os dois em casa, sem ter trabalho e sem ter dinheiro. Com isso as coisas já estavam faltando”, comenta.

Para Cristiane Sampaio, colaboradora voluntária do projeto, ser voluntário é algo prazeroso, que ela faz com amor. “Acredito que nesse atual cenário ações como essas são essenciais pois, são para pessoas que não têm renda fixa, estão com dificuldade financeira e sem ter como suprir as necessidades básicas da família, como alimentação, por exemplo”, destaca.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS