DiCaprio critica mineração em terras indígenas brasileiras

27 de dezembro de 2019, 07:07

A crítica do ator veio acompanhada de uma imagem de indígenas que, usando seus corpos, formaram a mensagem "Fora Garimpo". (Foto: Reprodução)

DiCaprio disse que “apesar das leis brasileiras que fazem com que a mineração seja ilegal na Terra Indígena Ianomami”, garimpeiros invadiram as áreas protegidas, trouxeram malária e contaminaram os rios com mercúrio. 

A crítica do ator veio acompanhada de uma imagem de indígenas que, usando seus corpos, formaram a mensagem “Fora Garimpo”. O registro foi feito na Terra Indígena Ianomâmi, em Roraima, em 23 de novembro. Cerca de 120 indígenas participaram da formação da mensagem.

Além dos próprios indígenas serem contra a mineração em suas terras, a população brasileira também rechaça a proposta do governo Jair Bolsonaro (sem partido).

Pesquisa Datafolha recente contratada pela organização não governamental ISA (Instituto Socioambiental) mostra que 86% dos brasileiros discordam da permissão à entrada de empresas de exploração mineral nas terras indígenas.

Também recentemente, o MPF (Ministério Público Federal) entrou com ações para que a Justiça cancele processos de mineração em 48 terras indígenas no estado do Pará. Segundo a procuradoria, o cadastramento – o que não significa autorização para explorar, somente interesse no potencial da área – dos processos minerários viola a Constituição Federal e a convenção 169 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), pela qual é prevista a necessidade de consulta aos povos indígenas em caso de medidas que os afetem.

O MPF afirma que o registro dessas áreas em Terras Indígenas podem gerar pressão e invasões.

Em dezembro, o presidente Bolsonaro também afirmou que deve haver criação de bois em Terras Indígenas. 

“O preço da carne subiu. Nós temos de criar mais bois aqui, para diminuir o preço da carne e eles podem criar boi”, disse Bolsonaro na entrada do Palácio do Alvorada, no dia 19 de dezembro. “O índio vai poder fazer em sua terra o que o fazendeiro faz na dele”, disse. “Se quer pegar a sua terra e arrendar para alguém plantar soja ou milho, faça isso, respeitando a legislação nossa.”

O presidente disse que pretende incluir a regulamentação da agricultura e pecuária comerciais em terras indígenas na proposta para liberar mineração nas áreas protegidas. A proposta deve ser enviada ao Poder Legislativo em 2020. 

https://www.instagram.com/_u/leonardodicaprio/?utm_source=ig_embed&ig_mid=A085D849-2262-42C9-9FC5-6C56F0DFCE70

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS