Devo comer uma maçã todos os dias? Cinco benefícios desta fruta

24 de setembro de 2020, 07:46

Entenda o que a 'modesta' maçã pode fazer pela sua saúde (Foto: Reprodução)

Amaçã é uma das frutas mais populares e consumidas no mundo, e há muitos bons motivos para isso. Além de barata e fácil de encontrar, é abundante em nutrientes, antioxidantes, fibras, vitaminas e minerais que promovem a saúde do organismo.

E sim, segundo a ciência comer uma maçã diariamente aumenta a expectativa de vida, conforme explica um artigo publicado no portal de alimentação saudável Conquiste sua Vida. 

Veja cinco super benefícios de ingerir uma maçã todos os dias:

Diminui o risco de incidência de diabetes

As fibras solúveis presentes na maçã contribuem para equilibrar e adiar a absorção de açúcar no organismo, consequentemente reduzindo a probabilidade de desenvolvimento de diabetes tipo 2. 

Previne o envelhecimento precoce

Rica em propriedades antioxidantes, inclusive na casca, a maçã combate os radicais livres, proporcionando uma pele jovem, bonita e saudável. Mais ainda, defende o corpo de inúmeras doenças.

Promove a saúde oral

O ato de morder e mastigar a fruta, ativa as gengivas e eleva a produção de saliva, atenuando a quantidade de bactérias que proliferam na boca e assim evitando as cáries. 

Ajuda a emagrecer

As fibras que abundam sobretudo na casca, promovem a saciedade e diminuem a fome. Adicionalmente, as fibras alimentares ajudam na formação de massa magra.

Contribui para manter o cérebro saudável

Comer uma maçã diariamente optimiza o funcionamento do cérebro e o raciocínio, atenuando a probabilidade de sofrer de Alzheimer ou AVC. Tal deve-se à presença de ácido fólico, fósforo e de vitaminas C e do complexo B. 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS