Deputado de Goiás caçoa de Papai Noel com deficiência e é criticado

12 de dezembro de 2019, 11:08

Deputado Alysson Lima postou vídeo caçoando de homem com deficiência vestido de Papai Noel (Foto: Reprodução)

O deputado estadual de Goiás, Alysson Lima (Republicanos), postou na última sexta-feira, 6, em sua conta no Facebook, o vídeo de um homem com deficiência física e mental vestido de Papai Noel com a frase, caçoando: “Crianças ingratas não aceitam qualquer Papai Noel” e emoticons de rostos rindo. Sua atitude foi criticada.

O Papai Noel em questão se chama César Adriany David, de 44 anos, e faz trabalho voluntário há quatro anos, entregando em escolas os presentes que arrecada ao longo do ano. A escola em que ele estava no vídeo fica em Garuva (SC). Logo que o homem entra na sala, uma criança começa a chorar e ele tenta acalmá-la.

Segundo o G1, a reportagem questionou a assessoria do deputado e o post foi apagado. O político disse que recebeu o vídeo por WhatsApp e acabou “publicando como se fosse uma brincadeira”.

Deputado estadual de Goiás Alysson Lima apagou post e pediu desculpasDeputado estadual de Goiás Alysson Lima apagou post e pediu desculpas

“Quero me retratar publicamente e pedir perdão à pessoa envolvida, a todos os seus familiares e às pessoas que se sentirem ofendidas em relação à minha publicação. Não estava em meu coração a intenção de tripudiar em cima de ninguém”, declarou.  Na quarta-feira, 11, até as 19h, o vídeo tinha 281 mil visualizações.

O irmão de César disse à reportagem que se revoltou quando soube da postagem e do preconceito do parlamentar na terça, 10. “Todo mundo [ele e os moradores de Guaruva] está estarrecido com a postura do deputado e o pior de tudo, os comentários das pessoas que vem embaixo. É duro ver aquilo ali”, contou.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS