Dada a largada para as eleições municipais em todo o país

18 de setembro de 2020, 11:59

Foi dada a largada para as eleições municipais para o Executivo e o Legislativo em todo país Todas as então pré-candidaturas foram homologadas nas convenções partidárias que aconteceram entre o último dia 31 de agosto e 16 de setembro.

Para atender às recomendações médicas e sanitárias impostas pelo cenário de pandemia provocada pelo novo coronavírus, muitos partidos políticos realizaram suas convenções em formato virtual para a escolha de candidatos e formação de coligações majoritárias. Por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as legendas tiveram que garantir ampla publicidade a todos os seus filiados, as datas e as medidas que seriam adotadas.

A campanha eleitoral, que começa oficialmente no próximo dia 26 de setembro, tem o fim das coligações nas eleições proporcionais como a grande alteração deste pleito. Ou seja: a partir agora, todas as legendas têm que ter chapa completa, sem compor com outros partidos, para eleger os vereadores, o que exigirá um reforço redobrado das legendas, tanto na formação das chapas quanto na estratégia de campanha.

Jacobina – Candidatos a prefeito e a vereador do município de Jacobina começam a se mobilizar para a disputa que acontece no dia 15 de novembro. Três candidatos buscam comandar o Executivo municipal a partir de janeiro de 2021 e mais de uma centena concorrem a uma cadeira no Legislativo. Luciano Pinheiro (DEM) tentará a reeleição com uma nova vice em sua chapa, Renata Oliveira, moradora do distrito de Caatinga do Moura. O vereador Tiago Dias (PCdoB), como já estava sendo anunciado desde a última eleição para deputado, foi oficializado como candidato a prefeito e a ex-vereadora Kátia da Saúde (Podemos) como vice. Já o Partido dos Trabalhadores (PT) disputará com uma chapa ‘puro sangue’, ao ter convencionado os nomes da atual presidente da legenda no município, Mariana Oliveira como prefeita e o ex-vereador Carlos Mota como vice.

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS