Curiosidades surpreendentes sobre o Vaticano

29 de maio de 2018, 13:18

A Cidade do Vaticano é um Estado eclesiástico ou teocrático-monárquico, governado pelo bispo de Roma, o Papa.

 

O Vaticano é um dos países mais ricos do mundo, que abriga coleções de arte e documentos de valor inestimável e que é um dos locais mais visitados do mundo.

A Cidade do Vaticano é um Estado eclesiástico ou teocrático-monárquico, governado pelo bispo de Roma, o Papa. A maior parte dos funcionários públicos são todos os clérigos católicos de diferentes origens raciais, étnicas e nacionais.

Mas há pequenas curiosidades que passam desconhecidas, das quais não fazíamos ideia, até agora.

1. Localizado dentro da cidade de Roma, na Itália, o Vaticano é o menor país do mundo. A cidade-estado possui apenas 44 hectares e 800 habitantes, mas também conta com selo, correio, bandeira e hino.

2. Apesar de a Igreja Católica existir há 2 mil anos, o Vaticano como cidade-estado foi reconhecido apenas em 1929, após a assinatura do Tratado de Latrão.

3. É o único país inteiro a ser reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. O título foi outorgado em 1984.

4. Nascer no Vaticano não garante cidadania a ninguém. Para isso, é preciso trabalhar na cidade-estado – algo que praticamente só os cardeais e os cavaleiros da Guarda Suíça fazem. E se você perde o emprego, também perde a cidadania.

5. Em média, os habitantes do Vaticano “consomem” 54,26 litros de vinho por ano, encabeçando o topo de maiores consumidores per capita no mundo. Mas, na verdade, muito dessa bebida é servido durante a comunhão nas igrejas.

6. Antes de ocuparem o Vaticano, os papas viviam no Palácio de Latrão, localizado também em Roma. Isso mudou em 1309, quando eles passaram a comandar a Igreja Católica a partir de Avignon, na França, onde permaneceram até 1377 – foram 7 os papados desse período. Assim que o governo episcopal voltou para Roma, o antigo palácio foi destruído num incêndio e o Vaticano passou a ser a sede da Igreja.

7. A Guarda Suíça que protege os papas foi fundada em 1506 por Júlio II. Para fazer parte dela, é preciso ser homem, católico e solteiro e ter no mínimo 1,74 m de altura e idade entre 19 e 30 anos.

8. O Vaticano é o paraíso dos batedores de carteira, por isso é considerada a cidade com maior criminalidade do mundo – 1,5 crimes por habitantes todos os anos! A falta de prisões de longa duração faz essa estatística aumentar.

9. Se no caixa eletrônico você ler a mensagem “Inserito scidulam quaeso ut faciundam cognoscas rationem”, não se assuste: ele está só pedindo para você inserir o cartão. O Vaticano é o único lugar do mundo com caixas eletrônicos também em latim.

10. O Museu do Vaticano abriga uma das maiores coleções de obras de arte do mundo: são cerca de 70 mil, com apenas 20 mil delas sendo expostas ao público. O teto da Capela Sistina é uma das pinturas mais admiradas.

11. O Vaticano é um dos únicos países no mundo, ao lado das Filipinas, onde o casamento tem que durar a vida inteira. Por lá, não é permitido o divórcio. Obviamente, influência da Igreja Católica.

12. Não existe aeroportos no Vaticano. Apenas um heliponto e uma ferrovia de bitola padrão conectando-se à rede da Itália e à estação de São Pedro de Roma.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS