Cuidado com o que bebe. O chá verde também tem malefícios

29 de março de 2020, 13:43

A cafeína presente no chá acelera o metabolismo e melhora inclusive a função cerebral, aumentando os níveis de produtividade e energia. Mas nem tudo é bom (Foto: Reprodução)

O chá verde é uma bebida popular já que é repleta de benefícios para saúde. É aliado da saúde cardiovascular, fornece energia, acelera o metabolismo, entre outros. 

Porém, segundo a Medical News Today, há alguns riscos a ter em conta no consumo. 

  • Pessoas com sensibilidade severa à cafeína podem ter insónias, ansiedade, irritabilidade, náuseas ou dores de estômago. Isto porque o chá verde tem cafeína.
  •  
  • Quem toma aspirina também deve ter em atenção a quantidade de chá verde que consome, já que podem ocorrer problemas de coagulação das plaquetas.
  •  
  • Se toma chá verde não deve ingerir outras bebidas estimulantes, tais como café, bebidas energéticas ou chá preto. Caso contrário verifica-se um aumento perigoso da pressão arterial e da frequência cardíaca.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS