Criança de imagem que comoveu o mundo em 2019 venceu o câncer

04 de outubro de 2021, 21:34

Apesar disso, família diz viver momento agridoce (Foto: Reprodução)

Em 2019, uma foto de dois irmãos, um deles doente com leucemia, tornou-se viral e tornou-se reflexo da importância da família em nossas vidas.

Os protagonistas da imagem eram Aubrey, de cinco anos, e Beckett, de quatro. Na foto, a menina surge como melhor amiga e cuidadora do irmão, apoiando-o numa ocasião em que ele passava por mais um dos momentos de náusea provocados pelos tratamentos de quimioterapia.

Após dois anos, a responsável pelo compartilhamento da foto – mãe das crianças – volta a dar novidades.

Se por um lado, a relação de amizade entre Aubrey e o irmão continua a mesma, por outro lado, Beckett  já não exige tantos cuidados.

O menino venceu a doença e tocou finalmente o sino, ação comum em alguns hospitais pediátricos dos EUA e que assinala o fim da luta contra um câncer [pode assistir ao momento no vídeo acima].

Apesar do entusiasmo, a mãe revela que a família vive agora um momento agridoce, em que a alegria se mistura com o receio.

“É um pouco assustador porque agora não temos a garantia de que a quimioterapia está mantendo o câncer longe. É uma nova realidade”, afirma  Kaitlin Burge.

Recorde-se que  Kaitlin havia compartilhado a imagem dos dois filhos para mostrar a importância do apoio da família em momentos de crise. A imagem correu o mundo e emocionou milhões de pessoas.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS