Coreia do Norte diz que testes de mísseis e manobras militares dos EUA são perigosos

22 de agosto de 2019, 10:41

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un. (Foto: Reprodução)

Um porta-voz norte-coreano disse na quinta-feira (horário local) que um teste recente dos Estados Unidos com mísseis de cruzeiro de médio alcance e os planos para destacar aviões de guerra F-35 e outros equipamentos militares para a península coreana são medidas perigosas que podem criar uma “guerra fria” na região. 

A Coreia do Norte segue irredutível na posição para resolver todas suas questões através de diálogo e negociações, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, mas “o diálogo acompanhado de ameaças militares não nos interessa”, de acordo com o veículo de imprensa estatal KCNA. 

“Manobras militares incomuns e perigosas estão agora no horizonte, o que poderia provocar uma nova guerra fria na península coreana e na região”, disse a nota. 

Negociações práticas entre os Estados Unidos e Coreia do Norte ainda não foram reiniciadas desde uma paralisação na segunda cúpula entre o presidente norte-americano Donald Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, em Hanói, em fevereiro. 

Trump e Kim se encontraram em junho novamente na fronteira entre as Coreias e concordaram em retomar as negociações. 

O enviado norte-americano Stephen Biegun, que lidera negociações com a Coreia do Norte, está em Seul após uma parada no Japão para discutir a desnuclearização da Coreia do Norte. 

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS