Comunidade rural de Sebastião Laranjeira recebe equipamentos para fortalecer bovinocultura de leite

04 de julho de 2020, 09:53

(Foto: SDR)

(Da assessoria) – Agricultores familiares da Associação dos Moradores de Campos e Mato Grosso, localizada no município de Sebastião Laranjeiras, no Território Sertão Produtivo, receberam do Governo do Estado equipamentos para ajudar no crescimento da bovinocultura de leite e, consequentemente, no aumento da renda da comunidade.

Estão sendo investidos R$479.4 mil no sistema produtivo, por meio do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Foram entregues à comunidade equipamentos de resfriamento de leite e máquinas agrícolas como sugadores e roçadeira, além de palmas para alimentação dos bovinos. Também estão previstas a construção de abrigo, entregas de palmas irrigadas, kit de irrigação, kit de inseminação, sêmens, adubos e outros implementos.

Para a presidente da associação, Joselice da Silva Lopes, os investimentos foram um progresso na localidade: “Foi um estímulo para as 34 famílias que serão beneficiadas diretamente para trabalhar na produção do leite de vaca. Nos ajudará a agregar valores sustentáveis para nossas famílias. Mesmo diante da pandemia, de maneira cautelosa, estamos trabalhando para que os investimento desse projeto gerem renda não só para os beneficiários, mas para todas as famílias que trabalham com a bovinocultura de leite na região”.

A pecuária leiteira é uma das atividades mais tradicionais do meio rural brasileiro e, na Bahia, é uma das principais geradoras de renda da agricultura familiar. O estado é o quarto maior produtor de leite e concentra 118 mil produtores, sendo que 96 mil são agricultores familiares.

Para potencializar esse importante segmento, o Bahia Produtiva, por meio do edital de bovinocultura de leite, está investindo cerca de R$25 milhões na atividade leiteira, para melhorar a produção e, consequentemente, a renda de 1980 famílias agricultores familiares de todo estado.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS