Clientes compram todos os produtos de ambulante alvo de fiscalização

23 de março de 2018, 14:37

(Foto: © Reprodução)

A mobilização das pessoas viralizou nas redes sociais

Um vendedor de rua de Montes Claros, Minas Gerais, se emocionou por ter toda a mercadoria vendida de forma quase instantânea após ser abordado por fiscais da prefeitura que levariam os produtos. Um vídeo que mostra o momento viralizou nas redes sociais nesta quinta-feira (22).

De acordo com informações do jornal O Tempo, o ambulante se chama Leonardo Ferreira Soares, de 43 anos. Desempregado desde 2014, ele se sustenta com a venda de sucos e lanches.

“Eu estou passando uma barra muito grande e vou para a rua vender salgados e suco. Ontem eu sai para fazer o dinheiro do gás e também comprar alguma coisa para minha casa, porque não tinha nada para comer”, contou Leonardo.

“Eu fiquei muito emocionado. Nunca tinha passado por isso. Juntaram cerca de 80 pessoas e elas começaram a colocar dinheiro no meu jaleco. Eu não conseguia reagir eu só chorava. Foi um ato muito bonito. Eu fiquei muito agradecido”, afirma o vendedor.

Leonardo afirma que o dinheiro obtido com as vendas permitiu comprar gás e comida para ele e para a esposa, que também está desempregada.

Em nota, a prefeitura da cidade informou que buscava conter a utilização de carrinhos que prejudicam o tráfego de veículos e colocam em risco a vida dos pedestres no centro da cidade. A operação, que também contou com participação da Receita Federal e da Polícia Militar, também mirava comerciantes que vendem produtos provenientes de contrabando, assim como aqueles que vendem frutas e verduras de grandes produtores, que chegam às ruas sem fiscalização.

Principais sintomas físicos e mentais da abstinência de nicotina

A síndrome de abstinência de nicotina provoca inúmeros sintomas nos ex-fumantes. Contudo, explica um artigo publicado no portal Melhor Com Saúde, esses efeitos colaterais variam em intensidade dependendo da pessoa. 

O fato da nicotina ser uma droga muito viciante faz com que o hormônio conhecido como dopamina seja liberado no cérebro – este hormônio é responsável por aumentar a sensação de prazer e bem-estar. E como tal, o organismo reage negativa e violentamente à ausência da droga.

Ainda assim, a síndrome de abstinência de nicotina não representa qualquer risco para a saúde. Estima-se que os sintomas associados à condição afetam até 85% dos ex-fumantes. 

Os sintomas desta síndrome variam, mas, sem dúvida alguma, o mais comum é a vontade de fumar que pode surgir na presença de múltiplos estímulos, como por exemplo ver outra pessoa fumar, ou inclusive sem uma causa aparente.

Os principais sintomas da síndrome de abstinência da nicotina são os seguintes, de acordo com o portal Melhor Com Saúde:

Sintomas físicos

Aumento do apetite
Tosse
Boca seca
Dor de cabeça
Tontura
Fadiga
Coriza (inflamação da mucosa das fossas nasais; rinite, defluxo)
Dor de garganta, na língua ou gengivas
Sensação de aperto no peito
Ganho de peso
Frequência cardíaca mais lenta ou bradicardia
Obstipação
Hipotensão

Sintomas mentais

Ansiedade, inquietação e irritabilidade
Dificuldade em se concentrar
Insônia e dificuldade para dormir bem
Raiva e frustração
Depressão
Desânimo
Mau humor

Os sintomas da síndrome de abstinência da nicotina normalmente duram de 4 a 12 semanas e surgem nas primeiras 12 a 24 horas após parar de fumar. 

Os especialistas explicam que a fase mais critica são as primeiras duas a três semanas de cessação tabágica. Sendo que os sintomas começam gradualmente a desaparecer e, com o tempo o indivíduo aprende a controlar o desejo de fumar. 

VÍDEOS