China planeja ‘caçar extraterrestres’ com radiotelescópio gigante

14 de julho de 2019, 11:54

(Foto: © AP Photo / Liu Xu)

O principal objetivo dos pesquisadores chineses é detectar exoplanetas com campos magnéticos fora do nosso Sistema Solar.

Os cientistas chineses apresentaram seus planos de 10 anos para o maior telescópio esférico do mundo, conhecido como FAST, que incluem a busca de planetas habitáveis fora do nosso Sistema Solar, conforme um artigo publicado na revista Research in Astronomy and Astrophysics.

O telescópio tem como principal objetivo procurar exoplanetas em um raio de 100 anos-luz em relação a Terra em função de seus campos magnéticos que os protegeriam do vento solar e permitiriam abrigar vida, tal como no nosso planeta.

“Sem a proteção do campo magnético, a atmosfera da Terra seria levada pelo vento solar” e a maioria dos seres vivos “não sobreviveria”, pois “estaríamos expostos ao duro ambiente cósmico”, explicou Li Di, cientista chefe do FAST, à Xinhua.

O FAST, que está localizado em Da Wo Dand (Guizhou, China), é um radiotelescópio de quase 500 metros de largura que detectou duas estrelas giratórias, conhecidas como pulsares, em outubro de 2017.
Ele também tem como missão escutar os sinais de rádio interestelares para identificar possíveis extraterrestres. “Se houver civilização no espaço exterior, o sinal de rádio que envia será similar ao que podemos receber quando um pulsar se aproxima”, afirmou Qian Lei, membro da Academia Chinesa de Ciências.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS