China envia ‘exército’ de 100 mil patos contra praga de gafanhotos (VÍDEO)

20 de fevereiro de 2020, 08:07

Após praga de gafanhotos ter destruído plantações na África e chegado à China, país decidiu usar milhares de patos para lidar com o problema em sua província de Xinjiang (Foto: Reprodução)

Após praga de gafanhotos ter destruído plantações na África e chegado à China, país decidiu usar milhares de patos para lidar com o problema em sua província de Xinjiang.

A medida teria como objetivo frear o avanço da praga de gafanhotos, que tem causado grandes danos tanto na África como na Ásia.

Por sua vez, o Paquistão, país fronteiriço da China, já declarou estado de emergência nacional devido aos prejuízos agrícolas causados pela praga, enquanto o primeiro-ministro do país, Imran Khan, classificou o problema como “o pior ataque de gafanhotos em décadas”.

É válido ressaltar que estes insetos atingiram o território chinês na província situada no oeste do país, junto às fronteiras com o Paquistão e a Índia.

Em um vídeo publicado no Twitter pelo portal chinês CGTN, é possível ver o “exército” de 100 mil patos “marchando” para lidar com o problema e evitar que as plantações chinesas sejam destruídas pela praga.

‘Tropas de patos’ se aglomeram na fronteira para enfrentar praga de gafanhotos

Prática já usada

Ainda em 2000, conforme publicou o portal The Telegraph, a China já tinha utilizado estas aves para enfrentar uma praga semelhante de gafanhotos em Xinjiang.

Na ocasião, além de patos, também foram utilizados frangos para combater os insetos.

Ainda segundo o governo chinês, cada pato pode comer 400 gafanhotos por dia. As aves são ensinadas a perseguir e a comer gafanhotos ao som de um apito.

“Nós os liberamos nas pastagens, acionamos os apitos e eles comem os gafanhotos”, informou ainda em 2000 Zhai Xinchun, então autoridade responsável pelo Controle de Gafanhotos e Ratos de Xinjiang.

Alguns acreditam que os animais são mais eficientes do que os pesticidas.

Bombou na web

Por sua vez, muitos internautas apoiaram a medida chinesa, enquanto pediam mais vídeos com a ação das aves, conforme publicou o tabloide Daily Star.

“Em frente, tropas de patos!!!”, escreveu um usuário da rede.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS