CEO da Xiaomi é pego usando iPhone em rede social

16 de maio de 2020, 08:00

CEO da Xiaomi é pego usando iPhone em rede social (Foto: Reprodução)

O CEO da multinacional chinesa de tecnologia Xiaomi, Lei Jun, foi recentemente flagrado usando um iPhone.

Os internautas teriam capturado o descuido do executivo por meio de uma publicação feita na plataforma de mídia social chinesa Weibo, conforme relatou o site local GizmoChina. Jun, que também é co-fundador da Xiaomi, deu algumas recomendações de livros no post.

Como o Weibo detecta o dispositivo do qual a postagem é feita, ficou nítido que o dispositivo usado era um iPhone. A publicação foi posteriormente excluída, no entanto, vários usuários da plataforma já haviam capturado imagens e, alguns usuários dos produtos da empresa, conhecido como Mi Fãs, já lotavam o post com comentários negativos.

” alt=”” aria-hidden=”true” />

Pouco tempo depois, Pan Jiutang, diretor de Investimentos da Xiaomi, saiu em defesa do CEO alegando que o executivo ou gerente de produto de uma empresa de telefonia móvel que afirmar nunca ter experimentado Apple, Samsung e outros produtos concorrentes é hipócrita, incompetente ou não se importa com o produto.

O uso do iPhone ou outros aparelhos da concorrência não é proibido para os executivos da Xiaomi, nem para outros funcionários, algo que o próprio CEO já teria declarado no passado.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS