ESPORTES

Além de título, Flamengo tenta quebrar 11 recordes no Brasileiro

13 de novembro de 2019, 06:23

Foto: Wagner Meier/Getty Images

A campanha realizada pelo Flamengo até aqui no Campeonato Brasileiro deixou o time perto de recordes. Várias das marcas estabelecidas desde 2006, quando a competição passou a ter o formato atual – pontos corridos com 20 clubes – estão ameaçadas pelos comandados de Jorge Jesus.

Uma delas poderá ser superada na noite desta quarta-feira (13), no clássico da equipe rubro-negra contra o Vasco, no Maracanã, às 21h30 (de Brasília), com transmissão do Premiere.

Se levar a melhor sobre o rival, a formação da Gávea chegará à sua 25ª vitória, deixando para trás os 24 triunfos obtidos em edições anteriores por Cruzeiro-14, Corinthians-15 e Palmeiras-16.

A seis rodadas do término da Série A, outros recordes também estão perto. O principal deles é o de pontuação. Com 77 pontos, o Flamengo soma apenas 4 a menos do que conseguiu o Corinthians em sua trajetória vitoriosa de 2015. Nos gols marcados (68), a distância é de 9 para os 77 do Cruzeiro-13.

Batido três vezes na campanha, o time carioca pode ainda ser o menos derrotado, superando o São Paulo-06 e o Palmeiras-18, que perderam quatro partidas cada um. Se esse recorde for batido, também será o de jogos seguidos de invencibilidade –hoje, são 19, contra 23 do Palmeiras no ano passado.

Estão ainda na lista de marcas próximas as de melhor saldo de gols (hoje de 42, contra 40 de Cruzeiro-13 e Corinthians-15) e melhor campanha como mandante (46 pontos, contra 50 de Corinthians-15 e Palmeiras-18).

Com 35 pontos conquistados na segunda metade do Brasileiro, o Flamengo poderá também estabelecer a melhor campanha em um turno. Nesse quesito, teria de superar os 47 pontos obtidos pelo Palmeiras no returno do Nacional de 2018.

A tarefa é mais complicada na tentativa de se tornar o melhor visitante. Com 31 pontos nessa condição, a equipe terá de vencer suas três partidas restantes fora de casa (contra Grêmio, Palmeiras e Santos) para superar os 39 conquistados pelo Fluminense-12 como visitante.

Em um quesito, vitórias seguidas, o Flamengo já igualou o recorde. Ganhando todas as oito partidas que disputou na competição entre 10 de agosto e 25 de setembro, a equipe chegou ao mesmo número alcançado pelo Cruzeiro-13. E, com três triunfos consecutivos no momento, ainda poderá quebrar a marca, mas isso lhe exigirá um aproveitamento de 100% até o fim do torneio.

Há ainda a possibilidade de uma conquista pessoal. Atualmente com 21 bolas na rede no Brasileiro, Gabriel Barbosa, o Gabigol, poderá derrubar as melhores marcas registradas até hoje. Jonas, pelo Grêmio, em 2010, e Borges, pelo Santos, em 2011, fizeram 23 gols.

Nada disso, dizem os jogadores, importa neste momento. De acordo com eles, antes de pensar em quebrar recordes, é necessário confirmar o título. A vantagem é de 10 pontos sobre o vice-líder Palmeiras.

“É uma distância muito boa, né? Mas, como a gente falou no vestiário, pés no chão porque ainda falta muito para conquistarmos o nosso grande objetivo, que é o título. O futebol é muito traiçoeiro e nos prega peças se a gente cai em uma pilha errada. Temos agora um jogo extremamente difícil, um clássico. Precisamos mostrar nossa força no Maracanã e conquistar os três pontos”, disse o meia Éverton Ribeiro.

A vitória sobre o rival, além de quebrar o recorde de triunfos e deixar o título ainda mais perto, é vista como importante para que a equipe sustente seu bom momento à medida que se aproxima a final da Copa Libertadores. No dia 23 de novembro, em um fim de semana no qual poderá até ser campeão brasileiro sem entrar em campo pela competição nacional, a equipe de Jorge Jesus decidirá o título continental contra o River Plate, em Lima, no Peru.

Esse assunto também ainda é deixado de lado nas entrevistas, embora seja óbvia a grande expectativa pela final sul-americana. Do presidente ao centroavante, todos pedem cautela e seguem o mantra do “jogo a jogo”. O jogo que o Flamengo tem pela frente agora é o duelo com o Vasco, pelo Brasileiro.

“Não ganhamos nada, meu amigo. Futebol se ganha no campo, não na conversa”, disse o cartola Rodolfo Landim. “Tenho que discordar um pouquinho da torcida. É óbvio ela se empolga, mas vamos com calma”, concordou o atacante Gabigol, censurando, com um sorriso, os gritos de “campeão” ouvidos no Maracanã no último final de semana.

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, De Arrascaeta, Everton Ribeiro e Bruno Henrique; Gabigol.

Técnico.: Jorge Jesus

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Henríquez, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Richard, Raul, Guarín, Felipe Ferreira e Rossi; Ribamar.

Técnico.: Vanderlei Luxemburgo

Estádio: Maracanã, no Rio de JaneiroHorário: 21h30 desta quarta-feiraJuiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Itaberaba: I Oscar do Esporte da Chapada acontece no próximo dia 22

11 de novembro de 2019, 08:46

Foto: Divulgação

A cidade de Itaberaba, na Bahia, sediará no dia 22 de novembro, deste ano, o I Cerimonial Oscar da Chapada, onde serão homenageados os melhores do esporte, em diversas modalidades, da Chapada Diamantina. A solenidade acontecerá a partir das 19:30h, no Espaço Buffet Algo Mais.

Serão homenageadas, além de atletas, personalidades que contribuíram e ainda contribuem com o esporte no Estado. 

Aguardo com grande expectativa, o Oscar da Chapada já é considerado como um dos mais importantes eventos esportivos da Bahia. Diversas celebridades do esporte brasileiro, principalmente baiano já confirmaram presença na cerimônia.

O idealizador e coordenador do Oscar da Chapada Diamantina é o desportista César Augusto Vaz Sampaio, popular César Pisquila.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Gabriel iguala marca de Zico e bate recorde de Hernane no Flamengo

11 de novembro de 2019, 06:52

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Grande protagonista da partida deste domingo no Maracanã, onde contribuiu com duas assistências e o gol que fechou o placar na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, o atacante Gabriel Barbosa fez história com dois feitos expressivos ao balançar as redes pelo Flamengo neste confronto válido pela 32ª rodada do Brasileirão.

O jogador passou a contabilizar 21 gols no torneio e igualou a marca do ídolo Zico, que com este mesmo número de bolas na rede era, sozinho, o jogador flamenguista que mais vezes marcou em uma edição do Campeonato Brasileiro. O ex-camisa 10 conseguiu este feito na campanha do título nacional rubro-negro em 1980.

Para completar, Gabriel se isolou neste domingo como o maior artilheiro da história do Flamengo em uma única temporada neste século, com 37 gols. Ele quebrou o recorde de Hernane, que balançou as redes por 36 vezes em 2013 com a camisa rubro-negra. O recordista de gols pelo clube em uma única temporada é justamente Zico, que marcou incríveis 81 gols em 1979.

Ao comentar as duas marcas atingidas neste domingo, Gabriel reconheceu que o seu feito foi gigante. “Igualei o Zico”, afirmou. “Realmente é algo que não tenho palavras pra expressar. Um ídolo da nação, não tenho nem palavras pra descrever. Tenho 23 anos, e bater um recorde desse tamanho”, completou o atacante, para depois lembrar: “Passei o Hernane também, tenho que agradecer à torcida”.

E o jogador comentou a sinergia entre os torcedores e o elenco rubro-negro mais uma vez no Maracanã. “Estou muito feliz. É uma vitória muito importante. Obviamente, foi uma grande vitória da equipe. Muito feliz pelo carinho da torcida, espero que seja sempre assim comigo e com a equipe”, disse.

GRITOS DE ‘É CAMPEÃO’ – Já nos últimos minutos da partida disputada neste domingo no Maracanã, a torcida do Flamengo soltou o grito de “É campeão”, mas os jogadores evitaram falar em título brasileiro, mesmo com dez pontos de diferença sobre o Palmeiras restando apenas seis rodadas. “Independente das marcas, a gente pensa jogo a jogo. Queremos ser campeões, é isso que queremos para fazer história”, disse o meia Everton Ribeiro.

O volante Willian Arão, por outro lado, foi do céu ao inferno em 90 minutos. No primeiro tempo, foi tentar afastar uma bola e acabou jogando contra, abrindo o placar para os visitantes. Ele se recuperou e ficou perto de fechar o marcador.

Acertou o travessão em bela cobrança de falta. No rebote, Gabriel Barbosa concluiu para o fundo do barbante. “Sem dúvida nenhuma, procuro evoluir em todo treinamento. Comecei a treinar. Sabia que teria a oportunidade. Importante é que sobrou para o Gabriel, que conseguiu fazer o gol”, completou.

“A gente sabe que o Brasileirão é muito difícil. Estamos com a cabeça no lugar. Aqui no Maracanã, temos mostrado nossa força. Agora, vamos trabalhar, trabalhar e trabalhar para depois pensar no título e na decisão da Libertadores contra o River Plate, que é um sonho para todos nós”, disse o lateral-direito Rodinei.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Presidente do Santos é suspenso após apontar Fla favorecido pelo VAR

08 de novembro de 2019, 15:55

Foto: Ivan Storti/Santos FC

O presidente do Santos, José Carlos Peres, foi suspenso por 15 dias, nesta sexta-feira, em julgamento realizado pela 5ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por declarações consideradas desrespeitosas contra a arbitragem e ao uso do VAR no Campeonato Brasileiro.

Satisfeito com a pena aplicada, já que foi enquadrado em um artigo que prevê um possível gancho de até 180 dias, Peres pediu para o seu advogado, Marcelo Mendes, não recorrer, pois trata-se de uma pena mínima, assim como ocorreu com o presidente palmeirense Maurício Galiotte, punido pelo mesmo motivo.

Nesta sexta-feira, durante o julgamento, Peres afirmou estar arrependido e que sua declaração foi tirada de contexto. “Me arrependi de ter falado, deveria ter calado a boca. Pedi desculpa para eles (do Flamengo). Eu ficaria aborrecido se falassem isso. Não foi minha intenção. Falando de coração: não foi minha intenção”, disse o dirigente

Ao defender o seu cliente no julgamento, Marcelo Mendes argumentou que as declarações de Peres foram dadas em um programa humorístico (da Rádio Energia FM), ao contrário de outras ditas em entrevistas coletivas.

Em 11 de outubro, em entrevista à Rádio Energia 97, Peres declarou que a arbitragem estava favorecendo o Flamengo no Brasileirão. “Se depender do VAR, o Flamengo é campeão”, disse. “Não falei que o Flamengo é culpado. Queria estar no lugar do Flamengo. É questão dos juízes… VAR veio para ajudar, mas é a mesma coisa de dar uma Porsche para quem não sabe dirigir. Vão falar que errada é a Porsche.”

Quando apresentou denúncia contra Peres, a Procuradoria do STJD destacou que ele “extrapolou os limites da indignação e desrespeitou a arbitragem”. “De acordo com a Procuradoria, a atitude imprópria do denunciado ao realizar uma reclamação pela via inadequada, causa extremo abalo na estabilidade da competição”, justificou o órgão, revelando também que “inicialmente houve a tentativa de retratação do presidente do Santos em procedimento preliminar proposto pela Procuradoria da Justiça Desportiva, porém sem sucesso houve a denúncia”.

Antes de ser punido com a pena mínima, o dirigente foi indiciado no artigo 258, em seu segundo incisivo, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala sobre “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou a ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código” e “desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Cinemas exibirão final da Libertadores entre Flamengo e River Plate

07 de novembro de 2019, 22:10

Foto: Reuters

 (FOLHAPRESS) – O retorno do Flamengo a uma final de Copa Libertadores após 38 anos já tem contornos de feito cinematográfico. E o time rubro-negro de fato chegará às telonas.

Isto porque, em São Paulo, salas das redes Kinoplex, UCI e Cinépolis exibirão a partida decisiva do torneio, que ocorre às 17h (horário de Brasília) do dia 23 deste mês. O adversário do time carioca é o River Plate (ARG), atual campeão da Libertadores.

Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos nas bilheterias, diretamente nos sites das empresas ou em ingresso.com.

Flamengo e River Plate se enfrentam no Estádio Monumental de Lima, no Peru. O jogo estava previsto para ocorrer em Santiago, no Chile, mais sede foi alterada devido aos protestos que ocorrem no país.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Petrobrás oficializa fim de parceria com a McLaren

05 de novembro de 2019, 05:51

Foto: Reprodução

Se o governo brasileiro já havia confirmado o término da parceria entre Petrobras e McLaren, agora chegou a vez da própria escuderia britânica comunicar o rompimento. Em nota, a equipe agradeceu os avanços tecnológicos nas frentes de combustíveis e lubrificantes.

“Gostaríamos de agradecer à Petrobras por sua parceria e apoio. Temos grande respeito por suas capacidades técnicas e científicas, e não há dúvida de que os técnicos da empresa fizeram um progresso substancial no tempo em que trabalhamos juntos. Desejamos a todos da Petrobras todo o sucesso e esperamos vê-los de volta ao esporte novamente no futuro”, disse Zak Brown, CEO da McLaren Racing.

Apesar do término, a escuderia não colocou um ponto final definitivo para o futuro. A McLaren destacou que “identificou oportunidades para futuras colaborações nos campos comercial, tecnológico e de responsabilidade social entre as duas empresas”. Roberto Castello Branco, CEO da estatal brasileira, aproveitou a oportunidade para exaltar a aliança.

“Reconhecemos a importância da McLaren no automobilismo global e estamos muito satisfeitos com os resultados entregues durante os dois anos da nossa parceria. O projeto permitiu à Petrobras desenvolver gasolina e lubrificantes de alta tecnologia por meio de pesquisas com novas matérias-primas e testes realizados em condições extremas. O desenvolvimento tecnológico será utilizado em lubrificantes e combustíveis. Vemos na McLaren um compromisso com a inovação e também a possibilidade de futuras parcerias”, disse o executivo.

Juntos desde fevereiro de 2018, a Petrobras passou então a estampar os capacetes e macacões dos pilotos e também nos uniformes dos mecânicos e em um laboratório da empresa nos boxes da equipe em cada fim de semana de corrida. Com validade inicial de cinco anos (final de 2022), o acordo foi firmado à época por £ 163 milhões. A justificativa do aporte foi uma retomada da reputação mundial da empresa no âmbito global.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Goleiro Bruno tem contrato rescindido após 45 minutos em campo

29 de outubro de 2019, 08:20

Foto: Reprodução

O goleiro Bruno Fernandes, condenado a 20 anos e 9 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samúdio, não é mais jogador do Poços de Caldas. O time da terceira divisão mineira anunciou que houve um comum acordo entre as partes para que o contrato do atleta fosse rescindido, após ele jogar por 45 minutos, em dois meses de vínculo, e sair com salários atrasados.

O presidente do clube do Sul de Minas, Paulo César Silva, confirmou a decisão e disse que o salário do jogador era incompatível com a realidade do Poços de Caldas. Ele ainda lamentou o fato de o goleiro não ter conseguido jogar mais vezes pela equipe.

“Em dois meses de contrato, ele jogou 45 minutos. Para o clube bancar um contrato de um jogador para ele não jogar, fica difícil. O atleta não estava contente também por ser um clube menor, então a gente decidiu rescindir”, explicou o presidente, em entrevista ao site Superesportes. “O clube atrasou o salário dele e ele não estava contente”, completou.

Paulo César preferiu se esquivar ao ser questionado se a contratação de Bruno foi positiva sob o ponto de vista do marketing. Quando o nome do goleiro foi anunciado, muitos torcedores criticaram o dirigente. “Não teve como fazer avaliação porque o atleta não jogou. A gente não conseguiu nem avaliar”, disse o dirigente.

Condenado pelo crime contra Eliza Samúdio e também por cárcere privado de seu filho, Bruninho, em junho de 2010, Bruno conseguiu no dia 18 de julho a progressão para o regime semiaberto e a exigência do juiz para lhe dar a autorização de sair do presídio era a de que ele trabalhasse.

O Poços de Caldas foi o segundo clube de Bruno nos últimos dois anos. Anteriormente, ele havia defendido o Boa, na segunda divisão do Campeonato Mineiro, e disputou cinco partidas, nas quais acumulou duas vitórias, dois empates e uma derrota.

Antes de ser condenado à prisão, Bruno se destacou com a camisa do Flamengo, pelo qual se tornou ídolo e foi campeão brasileiro em 2009, além de ter conquistado os títulos cariocas de 2007, 2008 e 2009. Ele brilhou pela equipe carioca depois de ter iniciado a sua carreira profissional no Atlético-MG, clube que defendeu de 2002 a 2006, ano em que se transferiu para o time rubro-negro e no qual ficou até 2010.

 

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Pela série B, jogador marca para o America/MG e dedica gol a amigo que morreu em Jacobina (Vídeo)

26 de outubro de 2019, 10:22

Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira, 25, pela série B, o América de Minas empatou com o Atlético de Goiás em 2×2, com um gol do jacobinense Geovane, e após o jogo o meio-campista de 21 anos fez uma homenagem emocionante ao amigo lucas que morreu em um trágico acidente na última quarta-feira 23, em Jacobina. Em entrevista à tv, antes de falar sobre o empate Geovane citou Luquinas e dedicou o gol que marcou a ele ” se você tiver vendo aí em cima, este gol é pra você”.

Lucas Ferreira Lima, 21 anos, morava no distrito de Novo Paraíso e morreu em um trágico acidente na BR 324, altura do acesso para Itaitu no município de Jacobina.
 
Ele seguia em sua moto de Novo Paraíso para Jacobina, para visitar sua esposa que havia perdido os filhos gêmeos no Hospital Municipal, mas no caminho veio a colidir frontalmente com uma caminhonete, morrendo no local, e hoje Geovane homenageou o falecido amigo.
 
Natural de Jacobina (BA), Geovane Nascimento Silva começou a carreira nas categorias de base do Vitória-BA. Em 2015, após boas atuações, o jogador foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-17 e participou do Mundial da categoria. No mesmo ano, o atleta se transferiu para o São Paulo-SP. Atualmente Geovane está emprestado ao América até o final da temporada de 2019.
 
 
https://youtu.be/6j1ohHrG2vk
 
Com informações do site Portal Serrolândia: 
 
https://portalserrolandia.com.br/noticia/6215/pela-serie-b-jogador-marca-para-o-america-mg-e-dedica-gol-a-amigo-que-morreu-em-jacobina
 
Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Bahia leiloará camisas “com óleo”, e renda irá a ONGs de limpeza

21 de outubro de 2019, 13:44

Foto: Máquina do Esporte

O Bahia anunciou que, após o jogo diante do Ceará pelo Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (21), leiloará as camisas manchadas de óleo que serão usadas no duelo. A renda será revertida a ONGs e grupos voluntários que estão fazendo a limpeza das praias atingidas pelo desastre ambiental.

“Camisas do Bahia manchadas de óleo serão leiloadas, e a renda será revertida aos grupos voluntários. O Nordeste está vivo e lutando por seus espaços. Das tragédias ambientais à xenofobia, enfrentemos. E o abraço do Brasil nos fortalece. Somos tantos cantos, mas somos um só”, escreveu o presidente do clube, Guilherme Bellintani, em sua conta pessoal no Twitter.

O leilão é mais um capítulo da ação anunciada pelo clube baiano que viralizou neste final de semana nas redes sociais. Por conta de outras ações que vem fazendo nos últimos tempos, o Bahia vem sendo colocado na vanguarda do ativismo social entre os clubes do futebol brasileiro.

Antes da ação desta segunda-feira (21), o clube ainda aproveitou para lançar um manifesto contra o descaso que autoridades e parte da opinião pública têm tido em relação ao vazamento de óleo que toma as praias da Região Nordeste do Brasil.

“O problema é seu. O problema é nosso. Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido? O Bahia é você, somos nós, cada ser humano. É a forma como representamos o amor, o apego.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Itaberaba: I Oscar da Chapada homenageará atletas e personalidades do esporte da Bahia

12 de outubro de 2019, 10:47

A cidade de Itaberaba, na Bahia, sediará no dia 22 de novembro, deste ano, o I Cerimonial Oscar da Chapada, onde serão homenageados os melhores do esporte, em diversas modalidades, da Chapada Diamantina. A solenidade acontecerá a partir das 19:30h, no Espaço Buffet Algo Mais e contará com a apresentação do jornalista esportivo e narrador de futebol, Thiago Mastroianni.

Aguardo com grande expectativa, o Oscar da Chapada já é considerado como um dos mais importantes eventos esportivos da Bahia. Serão homenageadas, além de atletas, personalidades que contribuíram e ainda contribuem com o esporte no Estado. Entre os destaque está o mestre de capoeira Lourival Souza, figura bastante conhecida na região de Jacobina (Piemonte da Chapada). Professor Lourival, como era chamado pelos seus alunos, foi o responsável em descobrir o talento de inúmeros atletas de capoeira que atualmente atuam em diversas partes do planeta, principalmente na Europa, como o mestre Pitbull (Marcos Paulo), do Grupo Jacobina Arte, que possui academias na Grécia, França, Croácia, Áustria, Alemanha, Indonésia, Itália e África do Sul.

Diversas celebridades do esporte brasileiro, principalmente baiano já confirmaram presença na cerimônia. Desportistas, artistas e jornalistas têm gravado vídeos em apoio ao evento, como o coordenador médico do Esporte Clube Bahia, Luiz Sapucaia, o jornalista esportivo Tiago Mastroianni, o técnico de futebol Quintino Barbosa (Barbosinha), o músico e mestre Tonho Matéria e Caipora integrante do Jacobina Arte da Croácia.

O idealizador e coordenador do Oscar da Chapada Diamantina é o desportista César Augusto Vaz Sampaio, popular César Pisquila, ex-presidente da Liga Desportiva de Itaberaba (LDI).

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Os 7 alimentos que são ladrões de energia

Você provavelmente já ouviu falar e leu bastante sobre alimentos e suplementos que aumentam sua disposição e te deixam mais animado para encarar um treino ou até mesmo as tarefas do dia a dia. Mas também existe o outro lado dessa moeda. Não faltam vilões neste mundo na nutrição: os alimentos que são ladrões de energia e podem atrapalhar bastante sua rotina na corrida ou até mesmo se tornar um obstáculo numa prova.

Esses “ladrões” de energia atuam de diferentes maneiras no organismo. Em alguns casos, oferecem tanto açúcar que, num primeiro momento, essa elevada taxa de glicose resulta em mais disposição, mas, logo em seguida, a insulina liberada para normalizar essa glicose faz justamente o caminho contrário. E aí o cansaço chega com tudo.

Também tem aqueles alimentos que dão tanto trabalho para o sistema digestivo que muitos nutrientes são desviados para ajudar nesse processo, fazendo com que eles faltem na produção de energia em outras funções do organismo. Resultado: o corpo logo sente essa queda de disposição.

Para te ajudar a evitar esse cansaço causado pela má alimentação, acionamos três especialistas para fazer uma lista dos maiores ladrões de energia, suas principais armas e como combatê-las. Confira!

Os ladrões de energia 

Carboidratos simples

Alimentos com farinhas brancas vão roubar energia se consumidos em excesso. “Em um pré-treino, por exemplo, são aliados, mas viram vilões se não houver uma atividade física depois”, pondera Mayara Ferrari, nutricionista funcional esportiva. “Isso acontece porque a quantidade de açúcar no sangue fica muito elevada e o pâncreas libera mais insulina para quebrar todos esses carboidratos. Isso pode causar uma grande redução de açúcar no sangue, resultando em fadiga e falta de energia.”

Sal

Aquele sal extra para dar mais gosto à comida pode te deixar mais cansado. Em quantidade exagerada, o sal aumenta a pressão arterial e deixa o organismo mais desidratado porque mais água é necessária para compensar. “Ele prejudica o funcionamento adequado do organismo, que ficará a todo momento buscando esse equilíbrio. Isso dará uma sensação de cansaço e fadiga. Esporadicamente um pouco de sal não tem problema, mas abusar dele diariamente ou usar em grande quantidade é bastante prejudicial”, adverte Mayara.

Alimentos gordurosos e frituras

A gordura em excesso dificulta a digestão e atrapalha a chegada dos nutrientes à corrente sanguínea. “Como possuem uma digestão mais
lenta, eles fazem com que a circulação se concentre na região abdominal por mais tempo. Isso causa uma sensação de letargia e sonolência durante a digestão, que pode passar de três horas. E isso não é bom para quem vai se exercitar, pois precisará de boa circulação nos membros”, alerta a nutricionista Lara Natacci.

Doces

A lógica nesse caso é parecida à dos carboidratos simples: como eles são ricos em açúcar, dão um pico de energia no primeiro momento porque aumentam a quantidade de glicose no sangue, mas se a pessoa não for praticar uma atividade física logo em seguida, essa disposição logo pode virar cansaço. “O organismo vai aumentar a secreção de insulina para normalizar a glicemia, que é a quantidade de glicose no sangue. Por isso, a sensação de aumento de energia deve durar pouco e dar lugar à fadiga”, reforça Lara Natacci.

Café

O café, um dos estimulantes mais populares, também pode roubar sua energia. Ele realmente gera mais disposição num primeiro momento, mas sua ação no sistema nervoso tem como um dos efeitos a fadiga. “A cafeína, no cérebro, obstrui os efeitos da adenosina, substância que ajuda na transferência de energia e na promoção do sono, dando o efeito estimulante”, explica André Lemos, médico nutrólogo. “Por outro lado, também inibe a degradação da acetilcolina, que aumenta o estímulo muscular. E a consequência disso são o cansaço e a debilidade”, completa.

Corantes e conservantes

Presentes em muitos produtos industrializados, como nuggets, embutidos (salame, presunto, mortadela, peito de peru) e salsichas, eles
modificam o funcionamento adequado do organismo, que tenta repor o que os corantes “tiram” no processo de digestão. “Eles causam uma cascata de processos inflamatórios e oxidantes. Para reverter essa situação, disponibilizamos muitas vitaminas e minerais, fazendo com que o restante do organismo não funcione adequadamente”, destaca Mayara.

Refrigerante

O refrigerante é um dos “ladrões de energia” mais temidos. Alguns maratonistas e ultramaratonistas o utilizam durante provas quando já estão acostumados a seus efeitos, inclusive psicológicos, mas, para o organismo, eles não têm nada de “bonzinhos”. Isso porque o refrigerante, em geral, tem tudo em excesso: açúcar, sódio e corantes. Assim, desencadeia todos os processos já descritos de uma só vez. Além disso, estudos apontam que o refrigerante ainda pode atrapalhar o padrão de sono, prejudicando o descanso e interferindo na disposição.

VÍDEOS