ESPORTES

Palmeiras tem 9% de chances de título do Brasileirão; risco de queda do Santos é de 53%

20 de setembro de 2023, 15:10

Foto: Reprodução

A derrapada do Botafogo na liderança do Campeonato Brasileiro permitiu ao Palmeiras continuar sonhando com o título. Depois da vitória no último minuto sobre o Goiás na última rodada, o time palmeirense chegou aos 44 pontos e encurtou para sete a distância para os cariocas, que estacionaram nos 51 depois de duas derrotas seguidas, para Flamengo e Atlético-MG.

Com isso, as chances dos paulistas serem campeões subiram para 9%, contra 80,7% dos botafoguenses. Antes da Data Fifa, a probabilidade era menor do que 5%. Os dados são do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) após 23 partidas das 38 do torneio.

A 24ª rodada pode ser decisiva para os planos do Palmeiras na competição. O time paulista tem confronto direto fora de casa com o Grêmio, que está na cola dos palmeirenses, com 40 pontos, e também sonha com a possibilidade de título, apesar da probabilidade ser de apenas 3,3%. Os comandados de Abel Ferreira vão precisar torcer pelo rival Corinthians, que recebe o Botafogo na sexta-feira, para continuar na caça ao líder do campeonato.

Na rodada seguinte, o Palmeiras vai ter outra pedreira pela frente, enfrentando o Red Bull Bragantino, também fora de casa. O time de Bragança já venceu na 24ª rodada e chegou aos 42 pontos, ocupando momentaneamente a terceira colocação. As chances de título para a equipe do interior, porém, são baixas, ficando em 2,7%. O Botafogo irá receber o desesperado Goiás, no Engenhão. Fluminense e Flamengo, as outras equipes do G-6, correm bem por fora e contam com somente 1,3% e 1,1% de chances de título, respectivamente.

Na parte de baixo da tabela, o Santos continua ameaçado pelo rebaixamento. A heroica vitória no confronto direto com o Bahia deu sobrevida ao time da Baixada, que chegou aos 24 pontos, a um de deixar a zona da degola. O risco de queda dos santistas é de 53,7%. O Corinthians, com 27, ainda não consegue respirar aliviado e tem 15,1% de probabilidade de cair para a segunda divisão. Coritiba (93,6%), América-MG (89,4%), Vasco (49,3%), Bahia (41%) e Goiás (27%) são os outros ameaçados.

Confira as probabilidades do Brasileirão:

CHANCES DE TÍTULO

Botafogo – 80,7%

Palmeiras – 9,7%

Grêmio – 3,3%

Red Bull Bragantino – 2,7%

Fluminense – 1,3%

Flamengo – 1,1%

VAGA NA LIBERTADORES

Botafogo – 99,8%

Palmeiras – 93%

Red Bull Bragantino – 80,2%

Grêmio – 76,3%

Flamengo – 61,3%

Fluminense – 59,6%

Athletico-PR – 47,8%

Fortaleza – 33%

Atlético-MG – 29,1%

REBAIXAMENTO

Coritiba – 93,6%

América-MG – 89,4%

Santos – 53,7%

Vasco – 49,3%

Bahia – 41%

Goiás – 27%

Corinthians – 15,1%P

Notícias ao Minuto

Leia mais...

Vitória tenta retomar liderança e Juventude faz confronto direto por G-4 da Série B

07 de agosto de 2023, 11:28

Foto: Reprodução

Pressionado para retomar a liderança, o Vitória entra em campo nesta segunda-feira, quando três jogos finalizam a 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Juventude e Vila Nova também fazem um confronto interessante na briga por uma vaga no G-4.

Com 41 pontos, o Vitória está há cinco jogos invicto, sendo quatro triunfos, mas viu o Sport assumir a ponta da tabela, com 44 pontos, após vencer o Novorizontino. Para retomar a posição, o time baiano precisa vencer o Londrina, no Estádio do Café, em jogo marcado para as 20h. O time paranaense, por outro lado, está na penúltima colocação, com 16 pontos e não vence há quatro jogos, sendo duas derrotas e dois empates.

Juventude e Vila Nova se enfrentam mais cedo, às 18h, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Apesar de estarem perto do G-4, com 36 e 35 pontos, respectivamente, o momento é bem diferente. Os gaúchos estão em ascensão e não perdem há oito jogos, com cinco vitórias. Os goianos, por outro lado, vêm de quatro derrotas e um empate nos últimos jogos.

A outra partida será entre Atlético-GO e Tombense, às 20h, no Antônio Accioly, em Goiânia (GO). Os mandantes estão com 28 pontos, no meio da tabela, e vêm alternando entre empates e derrotas nas últimas quatro rodadas. O time mineiro teve duas derrotas e um empate e entrou na zona de rebaixamento com 19 pontos.

CONFIRA OS JOGOS DA 22ª RODADA:

SEGUNDA-FEIRA

18h

Juventude x Vila Nova

20h

Atlético-GO x Tombense

Londrina x Vitória

Notícias ao Minuto

Leia mais...

Copa do Mundo Feminina: 4 recordes em que mulheres superaram homens

26 de julho de 2023, 09:20

Foto: Reprodução

Embora a Copa do Mundo FIFA 2023 na Austrália e Nova Zelândia tenha a expectativa de audiência global de mais de 2 bilhões de pessoas, o futebol feminino ainda é um esporte relativamente jovem (a primeira copa foi em 1991), quando comparado aos torneios masculinos, realizados há 93 anos.

No entanto, além de se tornarem eventos globais, os torneios femininos já estabeleceram alguns recordes que dificilmente atletas — homens ou mulheres — conseguirão superar. Confira alguns deles abaixo.

4. Fechando o gol na Copa inteira

Embora vários goleiros (Lev Yashin, Manga e Oliver Kahn) sejam considerados os melhores goleiros do mundo, o recorde de passar uma competição mundial inteira sem deixar os adversários balançar as redes foi alcançado por uma mulher, Nadine Angerer, que era reserva na Seleção da Alemanha, mas assumiu a posição devido a uma lesão da goleira titular alguns dias antes da Copa da China em 2007. 

Sem tremer, Nadze, como era conhecida, foi crucial para que a Alemanha fosse campeã mundial naquele ano sem perder uma única partida e sem sofrer um único gol. Na final, contra o Brasil, a goleira recordista defendeu um pênalti batido por ninguém menos do que a nossa Marta.

3. A maior goleada de todas as copas

O dia 11 de junho de 2019, ficou conhecido na história do futebol como a data da maior goleada acontecida em copas do mundo. Na manhã daquele dia, no Stade Auguste-Delaune, em Reims na França, a seleção feminina dos EUA goleou a Tailândia por 13 a 0. 

A goleada superou a marca anterior, que era da seleção feminina da Alemanha (11 a 0 na Argentina na copa de 2007 na China). Entre os homens, o recorde era os 10 a 1 da Hungria em El Salvador na copa de 1982, na Espanha.

2. Atleta com maior número de copas da história

Atleta que mais disputou copas do mundo — sete ao todo — a baiana Miraildes Maciel Mota, conhecida mundialmente como Formiga, detém mais dois recordes: a de jogadora mais velha a marcar gols em uma copa do mundo (ela tinha 37, quando o fez no Canadá em 2015) e também a mais velha a participar da competição (41 anos na França em 2019). 

No segundo lugar de presença em copas do mundo, estão, com cinco participações cada, a alemã Birgit Prinz, a americana Kristine Lilly, e os marmanjos: Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Lothar Matthäus, Antonio Carbajal, Rafa Márquez e Andrés Guardado.

1. Artilharia absoluta de todas as copas: 17 gols… e contando

Quando o assunto é gol, a nossa rainha Marta é recordista absoluta. Além de ser eleita por seis anos como a melhora jogadora de futebol do mundo pela FIFA, ela é a atleta que mais marcou na história das copas mundiais. 

Participando neste ano de sua sexta competição, Marta começou a marcar aos 17 anos na copa de 2003 (três gols), e retornou nas edições de 2007 (sete gols), 2011 (quatro gols), 2015 (um gol) e 2019 (dois gols). Essa marca de 17 gols marcados em copas do mundo faz com que a alagoana de Dois Riachos supere o recordista masculino, o alemão Miroslav Klose, com 16 gols.

Além disso, Marta também detém o recorde de ser a primeira a marcar em cinco torneios mundiais diferentes, feito igualado no Catar por Cristiano Ronaldo em 2022. Mas a copa da Austrália e Nova Zelândia pode servir para que a nossa atleta amplie seus recordes. 

Mega Curioso

Leia mais...

“Craque do Jogo”: TJ rejeita recurso da Globo e mantém indenização a Sidão

25 de julho de 2023, 15:31

Foto: Reprodução/ TV Globo

A 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) negou recurso da Rede Globo e manteve indenização no valor de R$ 30 mil por danos morais ao ex-goleiro do Vasco Sidão por ter entregue ao vivo título de “craque do jogo” como deboche dos torcedores. Além do valor corrigido, a emissora deverá pagar as custas e despesas processuais, bem como honorários advocatícios fixados em 10% sobre o valor da condenação. Leia a íntegra da decisão.

Sidão acionou a Justiça após uma partida contra o Santos, em homenagem ao Dia das Mães, em 2019. Na ocasião, o jogador cometeu uma série de falhas, o Vasco foi derrotado por 3 a 0, e, por piada, os torcedores o elegeram em enquete da emissora como “craque do jogo”. Após a partida, um repórter fez a entrega do prêmio ao vivo, o que causou constrangimento ao goleiro.

À época, o jogador se manifestou nas redes sociais, pediu respeito e recebeu apoio de colegas de outros clubes. No processo, o goleiro, que hoje joga no Concórdia, de Santa Catarina, argumenta que após a “humilhação pública” a que foi submetido passou a defender clubes de menor expressão. E por isso, pleiteou indenização por danos morais de R$ 1 milhão.

Após o episódio, a TV Globo pediu desculpas e mudou a dinâmica da votação: agora, além da opinião do público, os comentaristas são consultados para aprovar a entrega. Em outubro do ano passado, o juiz Antonio Conehero Junior, da 31ª Vara do Foro Central Cível de São Paulo, entendeu que a TV Globo colaborou para o insulto promovido pelos torcedores contra o goleiro.

Na nova decisão, de 24 de julho, o desembargador Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho, relator do caso, ao manter a condenação, ressaltou que “a matéria jornalística e televisiva não pode prejudicar os direitos de personalidade, garantidos na Constituição Federal, sob o argumento de liberdade de expressão ou liberdade de imprensa”.

Para ele, “a matéria divulgada extrapolou os limites da informação e atingiu a honra do autor”. “Com sua conduta de entregar o troféu de ‘craque do jogo’ ao autor – que por ironia e zombaria dos torcedores foi por eles assim eleito naquela oportunidade – a emissora ré submeteu-o a um profundo constrangimento e humilhação, deixando-o em indiscutível exposição vexatória.”

O relator afirma ainda que “na ânsia de angariar lucro, aumentando o número de telespectadores e de ganhos com publicidade, os veículos televisivos muitas vezes exageram, incorrendo em desrespeitos e indelicadezas, passando ao largo de brincadeiras saudáveis”.

O processo tramita com o número 1018376-76.2021.8.26.0100.

Jornal Floripa

Leia mais...

Alunos/atletas de Caém se classificam para a segunda etapa dos Jogos Escolares Estadual 2023

10 de julho de 2023, 10:55

Foto: Reprodução

Alunos do Colégio Estadual Arnaldo de Oliveira, de Caém, são destaques em mais uma edição dos Jogos Escolares da Bahia. Depois da etapa territorial que aconteceu em Jacobina no último sábado (8), três alunos/atletas se classificaram para a etapa interterritorial que será realizada em Juazeiro nos próximos dias 15 e 16.

Os representantes de Caém que irão tentar passar para a grande final estadual são os estudantes Lucas Caetano, na prova de 3 mil metros e Edson Pereira e Cristiano Almeida, ambos nos 400 metros rasos.

Os Jogos Escolares 2023 serão realizados em três etapas: municipal, regional e estadual. Alunos das escolas públicas das redes municipal e estadual participam do evento.

A professora de Educação Física do Estadual de Caém, Thais Duboc, disse está bastante confiante em resultados positivos nas próximas competições. Para ela, o incentivo da pratica esportiva é uma  estratégia importante para o desenvolvimento e aprendizagens da juventude caenense. “Acreditamos muito no espírito esportivo e esforços dos nossos alunos. Parabéns para os classificados e os demais pela participação. Vamos para a etapa de Juazeiro que boas expectativas”, ressaltou Thaís.

Entre os objetivos dos Jogos Escolares da Bahia está o de promover desenvolvimento do interesse e prática do esporte, melhorando o convívio e intervenção social através do esporte. O evento reúne professores, alunos, equipes gestoras e coordenações pedagógicas.

Leia mais...

Polícia faz buscas no apartamento do presidente do PSG em denúncia de sequestro e tortura

06 de julho de 2023, 10:05

Foto: Reprodução

A polícia francesa fez uma busca no apartamento do presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, na quarta-feira, horas antes da entrevista coletiva em que o dirigente apresentou o novo técnico do time, o espanhol Luis Enrique. Al-Khelaifi é investigado em caso de suspeita de sequestro e tortura.

De acordo com o jornal francês L’Equipe, os investigadores e o juiz de instrução do caso receberam o dirigente na saída do seu avião. Al-Khelaifi teria colaborado com os investigadores, sem oferecer resistência durante as buscas em seu apartamento. A assessoria do presidente do PSG afirmou que ele “é uma vítima nessa questão”.

O catariano Nasser Al-Khelaifi foi denunciado no fim de 2022 pelo empresário e consultor em direitos humanos Tayeb Benabderrahmane, que acusou o dirigente do PSG de ter ordenado seu sequestro e tortura em 2022. Ele teria ficado em um cativeiro por seis meses, entre sessões de tortura.

Benabderrahmane alega que foi alvo de Al-Khelaifi por ter supostamente em mãos informações que prejudicariam o dirigente do Catar. Esses dados poderiam ter relação com a escolha do país para sediar a Copa do Mundo disputado no ano passado, no país do Oriente Médio. Ainda em 2022, as autoridades franceses iniciaram a investigação do caso.

“É a manipulação máxima da mídia. Estou apenas surpreso que tantas pessoas tenham considerado suas mentiras e contradições como críveis. Mas esse é o mundo da mídia em que estamos hoje. A lei seguirá seu curso e não tenho tempo para falar sobre pequenos criminosos de carreira”, disse o dirigente, em entrevista ao jornal The Sun, ainda em 2022.

Estadão Conteúdo

Leia mais...

Futebol tem 8 novas regras a partir de julho; veja quais são

04 de julho de 2023, 10:16

Foto: Reprodução

A partir deste mês, oito mudanças nas regras do futebol entram em vigor em todo o mundo. A IFAB (International Football Association Board), órgão responsável pelas novidades, defende que essas novas regras são para tentar evitar que problemas que aconteceram no passado voltem a ocorrer no futebol. Veja abaixo as mudanças:

Regra ‘anti-Dibu Martínez’

A que mais chama a anteção é a regra criada depois de atitudes na Copa do Catar do goleiro argentino Dibu Martínez, que provocava adversários em cobranças de pênalti. A nova regra proíbe os goleiros de atrasarem as cobranças de pênaltis. Assim, os arqueiros não poderão distrair o batedor nem tocar em traves, travessão ou na rede do gol.

Invasão argentina

É ilegal a entrada de qualquer jogador reserva ou membro de comissão técnica no campo durante as partidas. Na Copa, a Argentina quebrou a norma ao comemorar no gramado um dos gols contra a França. Na ocasião, o árbitro decidiu não anular o gol, considerando a importância do tento e os impactos diretos no resultado. Agora, o gol será anulado se um jogador ou membro da comissão entrar no gramado.

Acréscimo por celebrações de gols

Agora, o árbitro deve considerar o tempo perdido durante as celebrações de gols e adicioná-lo aos acréscimos.

Bola do adversário, sem impedimento

A IFAB decidiu expressamente que o auxiliar de arbitragem não deverá levantar a bandeira quando o atleta impedido receber a bola de um adversário com “total controle” da bola e de seu corpo naquele momento.

Cartão vermelho após pênalti

O jogador não poderá receber cartão vermelho em lances quando deliberadamente tentou jogar e/ou disputou a bola. A expulsão se mantém em casos de falta na grande área em que o defensor não tinha chance de competir pela bola.

Treinador na mira

Quando alguém que está na área técnica — jogador reserva, substituído ou membro de comissão técnica — cometer uma infração e o árbitro não conseguir identificar o infrator, o treinador da equipe levará a punição.

Assistente reserva mais forte

Os árbitros assistentes reservas eram proibidos de auxiliar os colegas, mas agora eles farão parte da arbitragem e poderão participar de debates e dar seus posicionamentos durante os jogos.

Terra

Leia mais...

Bahia tenta a revanche com o Grêmio, agora, pela Copa do Brasil

04 de julho de 2023, 09:45

Foto: Reprodução

Como no sábado o time gaúcho venceu por 2 a 1, com direito a gol da vitória nos últimos instantes, agora o confronto vale como uma revanche’ para os baianos que, de novo, vão atuar diante de seus torcedores, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) a partir das 21 horas

Três dias após se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro, Bahia e Grêmio voltam a campo pelo duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Como no sábado o time gaúcho venceu por 2 a 1, com direito a gol da vitória nos últimos instantes, agora o confronto vale como uma revanche’ para os baianos que, de novo, vão atuar diante de seus torcedores, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) a partir das 21 horas.

Apesar de ter tirado a invencibilidade do Palmeiras, último a cair no Brasileirão, e ter garantido sua classificação na Copa do Brasil sobre o Santos, o Bahia não vive bom momento na temporada. Nos últimos 11 jogos, o time superou o Palmeiras, mas somou cinco empates e cinco derrotas, atualmente ocupando a 15ª colocação na Série A, um ponto de distância do rebaixamento. No sábado foi muito vaiado após a derrota para o Grêmio.

O treinador Renato Paiva comentou sobre o novo duelo diante do mesmo adversário: “Temos estudado o Grêmio dentro disto (a partir da derrota de sábado). Pena que nosso primeiro tempo não nos deu mais gols para que não perdêssemos esse jogo, temos que perceber porque essa piora do primeiro para o segundo tempo e trabalhar em cima disso.”

Mesmo com o resultado negativo no final de semana, o Bahia volta a apostar no fator casa, já que o time venceu dez dos 19 jogos na temporada nestas condições, além de cinco empates. O meia Daniel não estará à disposição, uma vez que se despediu dos companheiros e vai assinar com o Fluminense. O zagueiro Raul Gustavo, em reta final de recuperação, sofreu um acidente de carro, mas passa bem. Ainda assim, também não deve jogar.

Além deles, o time de Renato Paiva tem ainda uma lista de desfalques, entre os lesionados o goleiro Danilo Fernandes, o zagueiro David Duarte, o lateral-esquerdo Matheus Bahia, o volante Yago Felipe e os atacantes Vitor Jacaré e Biel. Além disso, o meia Thaciano e o atacante Vinícius Mingotti atuaram por outros clubes no torneio e, por isso, também estão de fora.

Apesar de ter sofrido duras derrotas no Brasileirão para Palmeiras, por 4 a 1, e Flamengo, por 3 a 0, o Grêmio apresenta grande momento na temporada. Nos últimos 14 jogos, também somou oito vitórias e quatro empates, além da vaga na Copa do Brasil e a manutenção da vice-liderança na Série A, com 66% de aproveitamento.

Renato Gaúcho também falou sobre o confronto: “Eu não tenho dúvida alguma de como a gente vai se comportar, de que maneira a gente vai jogar. Lógico que eu ainda vou conversar com o departamento médico. A gente conhece bem o nosso adversário, não só pela partida de sábado, mas eu venho acompanhando obviamente sempre os nossos adversários.”

O Grêmio também terá desfalques para o confronto, porque seguem lesionados o zagueiro Pedro Geromel, o lateral-direito Fábio, o meia Pepê e os atacantes Everton Galdino e Jhonata Robert. Uma novidade é que Ferreira voltou após três meses e deve novamente iniciar no banco de reservas.

CAMPANHAS

O Bahia iniciou na competição goleando o Jacuipense-BA por 4 a 1, posteriormente batendo o Camboriú-SC por 1 a 0 e o Volta Redonda por duas vezes, fora de casa por 2 a 1 e em Salvador com um goleada por 4 a 0. Nas oitavas de final o adversário foi o Santos, com um empate 0 a 0 na Vila Belmiro e o resultado de 1 a 1 no Nordeste, garantindo a classificação nos pênaltis.

Os gaúchos também começaram na primeira fase vencendo o Campinense-PB por 2 a 0, chegando ao duelo com o Ferroviário-CE, com nova vitória, agora por 3 a 0. Diante do ABC-RN, a vitória por 2 a 0 fora de casa encaminhou a classificação, enquanto o empate por 1 a 1 em casa decretou o avanço diante do Cruzeiro, maior conquistador da Copa do Brasil, com seis títulos. No primeiro jogo, o confronto terminou empatado no Rio Grande do Sul por 1 a 1, mas o time gremista venceu em Belo Horizonte por 1 a 0.

Estadão Conteúdo

Leia mais...

Homem de 30 anos faz testamento e deixa todos os bens para Neymar: “ele é superfamília”

27 de junho de 2023, 13:20

Foto: Reprodução

Ele ainda explicou que não gostaria de deixar as suas coisas para pessoas com quem não se dá bem ou para o governo

Um homem de 30 anos revelou ao portal Metrópoles que oficializou o seu testamento e deixará tudo o que conquistou para Neymar Jr. 

Para justificar o registro precoce, ele diz que “não anda bem de saúde”.

“Gosto do Neymar, identifico-me muito com ele. Eu também sofro com difamação, também sou superfamília e a relação com o pai dele me lembra muito da minha com o meu, que já é falecido. Mas, principalmente, sei que, acima de tudo, ele não é interesseiro, algo um pouco raro hoje em dia”, declarou.

A reportagem não revela a identidade do homem.

Leia mais...

Pesquisa revela que 52% dos brasileiros não fazem atividades físicas

27 de junho de 2023, 11:27

Foto: Reprodução

A Pesquisa Saúde e Trabalho, feita pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), divulgada nesta segunda-feira (26), em Brasília, conclui que 52% dos brasileiros raramente ou nunca praticam atividades físicas. Entre os que fazem atividades físicas, 22% se exercitam diariamente, 13% pelo menos três vezes por semana e 8% pelo menos duas vezes semanais.   

O levantamento foi realizado entre 10 e 14 de março de 2023. Em todos os estados, foram entrevistadas 2.021 pessoas com mais de 16 anos. A margem de erro é de dois pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.  

A prática regular de atividades físicas é considerada por especialistas como um dos principais meios de promoção e cuidado com a saúde. A professora de Educação Física do Rio de Janeiro, Alessandra Almeida, concordou.

“O corpo humano foi feito para estar em movimento. Diante dessa realidade, minha aposta é que cada vez mais as pessoas precisarão trocar medicamentos por treinos. Tenho certeza que a atividade física é a mais eficaz prescrição médica, uma vez que tem como benefícios, não só tratar, mas prevenir muitas doenças”, enfatizou.  

Além da frequência da prática de atividades físicas, o estudo fez a associação entre a prática delas e o adoecimento. Segundo o levantamento do Sesi, 72% das pessoas que praticam exercícios com frequência não tiveram problemas de saúde nos últimos 12 meses. Porém, entre os que nunca praticam atividades físicas, 42% sofreram problemas de saúde em 2022.   

O diretor superintendente do Sesi, Rafael Lucches, destacou que “a promoção da saúde e de comportamentos preventivos é fundamental para a redução de problemas na vida das pessoas. Com a prática de atividades físicas, temos pessoas mais saudáveis e dispostas para encarar os desafios do dia a dia”.  

personal trainer de Minas Gerais, Fernando Carlos de Oliveira, o Nando ENoix, viralizou na internet com o vídeo de uma aluna de 100 anos de idade que faz atividades físicas com cargas adaptadas que possibilitaram ganho de força muscular e equilíbrio.

O professor, que trabalha com o público da terceira idade, defende a prática regular de exercícios físicos, principalmente, a musculação com orientação de um profissional da área. “A musculação pode ajudar a manter a massa muscular, aumentar a força, melhorar a flexibilidade e a coordenação, além de contribuir para a saúde óssea”, declarou. 

A funcionária pública de Recife, Ivete Souza, de 50 anos, conhece bem essa realidade. Ela convivia, desde os 21 anos, com a depressão ferrenha, como ela mesma define. Estava sem disposição para brincar com os três filhos, sobrepeso e déficit de cálcio que poderiam lhe causar problemas no futuro.

Há cinco anos, ela levantou do sofá, calçou o tênis e assumiu um estilo de vida mais saudável, com reeducação alimentar e rotina de treinos, que começaram em casa e seguiram para a academia.  

Como resultado, a vida dela mudou: Ivete perdeu 27 quilos, diminuiu estresse, ansiedade e a depressão e tem outra relação com os filhos Miguel, de 14 anos, Jordana, 13, e Letícia, 6. Colocou até o marido Denilson para se exercitar. Os dois vão juntos para musculação pelo menos três vezes por semana. “Minhas prioridades de vida são ter qualidade de vida física e mental, não depender de ninguém e ter autonomia”,  preconizou.  

Há dois anos, ela ainda encarou o tratamento de um câncer de mama considerado agressivo. A funcionária pública percebeu que a nova vida mais saudável a ajudou a passar pelas sessões de quimioterapia do tratamento.

“Quando eu me deparei o diagnóstico [do câncer] já estava no ritmo de uma pessoa saudável e isso me ajudou muito mesmo no tratamento”, recordou.  Mas, Ivete não parou por aí. Escreveu dois livros com histórias de superação de mulheres e dela própria. Ivete ainda criou – em uma rede social – uma conta voltada ao público de 40 e 50 anos, mostrando os resultados das mudanças de hábito. Agora, no mundo digital, Ivete é a Iva Fit 40/50 Mais e divulga os benefícios de ter largado o sedentarismo.

Outro caso de superação é do contador Felippe Ornellas, de 39 anos, morador de São Paulo. Ele chegou a pesar 176 kg. Em 2016, fez cirurgia bariátrica para enfrentar a obesidade mórbida e perdeu 72 quilos. E hoje, mantém a saúde e peso com musculação.

“A prioridade do meu dia é a minha atividade física. Eu levanto, tomo o meu café e vou treinar para começar o meu dia. Quando eu vou treinar à noite, parece até que está faltando alguma coisa. A musculação me trouxe de volta à vida. Não foi só uma vez. Mas, toda a semana”, confessou. 

O Ministério da Saúde também disponibiliza o Guia de Atividade Física. Ele tem orientações para públicos de todas as idades, além de gestantes e pessoas com deficiência.

Para estimular mais pessoas a terem o hábito se exercitar, o Ministério da Saúde tem, desde 2011, o Programa Academia da Saúde (PAS), que desenvolve ações em polos construídos com recursos federais e mantidos com repasses mensais. Atualmente, o PAS atende 1.829 estabelecimentos e os recursos somam R$ 51 milhões, informou o ministério. 

A relação entre trabalho e qualidade de vida também foi abordada pela pesquisa do Sesi. Nesse aspecto, 94% concordaram que um profissional com a saúde física e mental em dia é mais produtivo no seu trabalho. A pesquisa também apontou que 12% dos entrevistados têm hábito de realizar consultas regulares com psicólogo.  

O professor de Educação Física, Welson Araújo, entende que a prática frequente está diretamente relacionada à saúde mental. “Dentre os benefícios para a mente, estão a diminuição dos sintomas de depressão e ansiedade e a melhoria da memória.”  

E para a grande maioria ouvida pelo Sesi, saúde não é somente a ausência de doenças ou enfermidades. Para 88% dos entrevistados, a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social.  

Sobre ambientes saudáveis para o trabalho, 66% dos trabalhadores disseram que as empresas em que trabalham estabelecem limites de horas de trabalho ou número de turnos e 55% permitem flexibilidade e pausas para descanso ou prática de exercícios. E mais: 49% têm estrutura para prevenir violência, assédio e discriminação, ambiente livre do fumo e política de jornada de trabalho flexível, como home office.

Agência Brasil

Leia mais...