Caso Flordelis: depoimentos revelam traição, troca de casais e incesto

26 de agosto de 2019, 06:24

(Foto: Reprodução/Instagram)

Relatos foram recolhidos para investigação que apura morte do marido da deputada, alvejado com 30 tiros em junho deste ano – 

Depoimentos recolhidos pela polícia sobre o caso Flordelis revelam episódios de traições, troca de casais entre membros da família e até mesmo incesto. As informações são do jornal Extra.

Segundo relato de Erica dos Santos de Santos, uma das filhas adotivas de Flordelis, fornecido para a agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, no último dia 12, o envolvimento entre pessoas da família era frequente.

A jovem prestou depoimento à polícia para o inquérito que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis dos Santos, alvejado com 30 tiros em junho deste ano.

Segundo Érica, Adriano dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis, viveu um relacionamento amoroso com duas irmãs adotivas: Nylaine e Lorrana. O envolvimento entre eles aconteceu enquanto Adriano era namorado da atual esposa, Marcele.

Outro relacionamento envolvendo filhos de Flordelis foi entre Simone dos Santos e Alexandre Freire, herdeiros biológico e adotivo da deputada federal, respectivamente.

De acordo com depoimento de Maria Edna do Carmo, mãe de Anderson, Simone namorou com o pastor morto no início dos anos 1990. Porém, o relacionamento acabou pois Anderson deu preferência a Flordelis em vez da enteada.

Erica ainda revelou que os irmãos adotivos, Iago e Francine, tiveram um relacionamento,  mas deixaram a casa da família porque “Anderson e Flordelis não permitiam esse comportamento dentro de casa”.

Além dos casais citados, outros também se formaram na casa da família de Flordelis: os pastores Carlor Ubiraci e Cristiane, filhos adotivos da deputada, são casados e moram com os filhos no terreno da família em Pendotiba; Simone foi casada por 10 anos com André Luiz de Oliveira, outro filho adotivo, e juntos tiveram três filhos.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS