Casamento em igreja na Bahia é alvo de protestos por convidados não usarem máscaras

24 de maio de 2020, 10:12

Paróquia foi notificada e diz que noivos e cerimonial sabiam da exigência (Foto: Reprodução)

Um casamento que aconteceu na Paróquia da Vitória no sábado (23) foi recebido com protesto por parte de moradores, já que muitos convidados não usavam máscaras. A igreja será notificada por conta disso.

Eventos com até 50 pessoas de natureza religiosa, incluindo cultos, missas e casamentos não são considerados eventos licenciados, que precisem de autorização da prefeitura. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), portanto, as celebreções nas igrejas podem continuar, contanto que respeitem a quantidade máxima de pessoas e orientações de distanciamento. 

Imagens que circulam nas redes sociais mostram protestos de moradores. “Que vergonha! 20 mil mortes! Irresponsáveis todos vocês”, diz uma mulher, citando o número aproximado de vítimas da covid-19 no Brasil até agora.

A falta do uso de máscaras, que contraria orientações da prefeitura, será notificada à igreja para que nos próximos eventos do tipo isso não ocorra mais.

As imagens mostram que havia menos de 30 pessoas na igreja durante a celebração, sem grande distanciamento entre si.

A Paróquia Nossa Senhora da Vitória divulgou nota afirmando que os noivos e a empresa que cuidou do cerimonial foram alertados da “obrigatoriedade do uso de máscaras, do limite de pessoas e do distanciamento exigido”. Diz ainda que “infelizmente o que foi acordado não foi cumprido” e lamenta, reforçando que que tem comprometimento com as orientações sanitárias em todas as atividades que lá ocorrem.

Fonte: Correio da Bahia 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS