Caém: Com apoio da Prefeitura, animais frutos da inseminação artificial já estão nascendo e fazendo a diferença no rebanho

17 de junho de 2024, 13:50

Um dos objetivos do programa é garantir a otimização da produção pecuarista do município (Foto: Ascom/PMC)

A Prefeitura de Caém, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Confederação Nacional dos Agricultores Familiares Rurais do Brasil (Conafer), implantou no município o programa de de melhoramento genético do rebanho leiteiro e de corte. a partir da Inseminação Artificial por Tempo Fixo (IATF).

Até o momento já foram beneficiados 14 produtores das comunidades de Gonçalo, Piabas, Pias, Lagedinho, Giral, Barreiras, , Várzea Dantas e Areia Branca. Mais de 100 animais foram examinados e 58 ficaram aptos para inseminação com a marcação de dispositivos intrauterinos para prepará-los para o processo e realizadas ultrassons.

Conforme o Secretário de Agricultura de Caém, Sidney dos Reis, um dos objetivos do programa é garantir a otimização da produção pecuarista do município o e acesso à biotecnologia da Inseminação Artificial que promove avanços substanciais na genética dos rebanhos, o que é essencial para o fortalecimento da pecuária familiar.

“O programa marca um passo significativo na transformação da pecuária agro familiar. O melhoramento genético diminui o custo enquanto aumenta a produção de carne e leite. É uma verdadeira revolução genética que terá um impacto profundo na sustentabilidade e no desenvolvimento econômico das comunidades rurais do nosso município”, trazendo assim uma forma de melhorar a renda e a qualidade de vida”, destaca o secretário.

A Secretaria de Agricultura de Caém informa que uma nova etapa do programa iniciará em breve, com a seleção dos interessados e em seguida acontecerá o cadastramento das propriedades rurais, a identificação animal, treinamento e capacitação para o controle sanitário e manejo reprodutivo, a assistência técnica e acompanhamento por técnicos do órgão.