Brasil chega ao 39º dia com média móvel de mortes acima de 2 mil

26 de abril de 2021, 07:31

(Foto: Reprodução)

O Brasil registrou neste sábado (24) 2.986 mortes causadas pela COVID-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 389.609 óbitos pela pandemia.

Os números foram divulgados pelo consórcio dos veículos de imprensa. Com a atualização, a média móvel nos últimos sete dias está em 2.531, e confirma uma tendência de queda – apesar da taxa de mortalidade ainda elevada.

Há 39 dias, a média móvel de mortes no país está acima de 2.000. São dois os estados que apresentam alta nas mortes: Pará e Acre.

Em casos confirmados, o Brasil chegou ao total de 14.238.110. Destes, 65.971 foram registrados nas últimas 24 horas. A tendência é de queda também nos diagnósticos de COVID-19.

O consórcio de imprensa atualizou também os números da vacinação no país. No total, 28,9 milhões de pessoas receberam ao menos uma dose da vacina de COVID-19, o que corresponde a 13,68% da população nacional.

Destas, 12,4 milhões receberam duas doses do imunizante, seja a CoronaVac ou a Covishield (nome oficial da vacina de Oxford/AstraZeneca). O número corresponde a 5,9% da população do país.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS