Boas notas na redação do Enem dão desconto em açaí em Fortaleza

27 de janeiro de 2018, 10:37

Descontos chegam a 100%

 

Uma lanchonete que vende açaí em Caucaia, na Grande Fortaleza, está dando descontos para estudantes que tiraram nota boa na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O desconto chega a 100%.

Como explica o ‘G1’, a redução no preço é proporcional à nota obtida pelos estudantes. Quem mora no Ceará e tirou acima de 600 pontos na redação, ganha 10% de desconto na compra do açaí. Notas acima de 800 pontos, recebem 30% de desconto. Já os estudantes com pontuação acima de 950 ganham o açaí de graça. O produto custa R$ 10.

A campanha foi criada pelo analista de marketing Joel Lima, que admite que não imaginava que teria tamanha repercussão. “A gente sempre tenta aproveitar algumas datas sazonais ou algum meme que está atual nas redes sociais. Foi uma coisa que pensei para que os estudantes pudessem desfrutar da nota após muito estudo para o Enem”, contou.

O dono do local, o empresário Gerardo Araújo, está satisfeito com o resultado da campanha, já que o movimento do estabelecimento aumentou em cerca de 30% nos dois primeiros dias, logo após as divulgação das notas na quinta-feira (18). A promoção vai até o dia 31 de janeiro.

“Os alunos levam as notas do Enem e um documento para provar que realmente fizeram a prova. Aí pegam o desconto e ficam muito felizes. É impressionante. Tem gente que vai atrás até dos R$ 10 de desconto. O legal é que aqui ninguém tem vergonha da nota, mesmo que seja um pouco mais baixa”, comentou Araújo.

Segundo ele, até agora, apenas quatro estudantes receberam o açaí sem pagar nada por ele porque apresentaram nota superior a 950 pontos na redação.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS