Bebida de arroz: vantagens e desvantagens em relação ao leite de vaca

05 de novembro de 2019, 06:01

A bebida de arroz constitui uma opção segura para quem é intolerante à lactose, podendo ser uma solução para substituir o leite de vaca. (Foto: Reprodução)

Rica em hidratos de carbono, sem lactose ou gluten. É a bebida de arroz que está fazendo sucesso no momento, e se junta ao time de outras queridinhas dos intolerantes à lactose, como o “leite” de aveia, amêndoa,  soja ou coco. 

Esta bebida é uma opção segura não só para aqueles que são intolerantes à lactose mas também para os que têm alergia à proteína do leite. Atualmente, é muito fácil encontrá-la nos supermercados. 

Vantagens da bebida de arroz:

Contém hidratos de carbono simples e complexos

Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares dado o baixo teor de gordura saturada

Ajuda a controlar a pressão arterial

Não contém lactose, facilitando a digestão e sendo uma opção para intolerantes 

Não contém gluten, sendo uma boa opção para celíacos

Aumenta a produção de glóbulos vermelhos no sangue (devido ao ferro adicionado)

Contém um baixo teor de gordura, sendo esta uma vantagem em relação ao leite de vaca.

Desvantagens da bebida de arroz:

Baixo teor de proteína, importante na manutenção e preservação da massa muscular

Baixo teor de gordura, pode dificultar a absorção das vitaminas lipossolúveis A e D

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS