Bahia sem coronavírus: Criança internada em Itabuna não tem a doença, informa secretário estadual de Saúde

26 de fevereiro de 2020, 15:08

(Foto: Reprodução)

Saiu ao final da manhã desta quarta-feira (26) o resultado de exames feitos na criança de um ano e quatro meses internada no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, e que apresentava quadro suspeito do novo coronavírus. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, o resultado deu negativo.

– O bebê internado em Itabuna com suspeita de infecção pelo Novo Coronavírus (Covid-19) testou positivo para OUTROS VÍRUS: Rhinovirus e Coronavírus NL-63 (variante sem importância clínica maior e não relacionada ao Covid-19). Dessa forma está excluído o caso suspeito – escreveu Vilas-Boas em sua conta no Twitter.

Ontem, a Sesab descartou a possibilidade de coronavírus na feira que está internada no Hospital Regional Prado Valadares, em Jequié. Os exames deram Influenza A, afastando a suspeita de ela ela ter contraído o novo coronavírus ne Itália, país onde esteve, assim com a criança atendida em Itabuna e seus pais.

O secretário não comentou o estado de saúde dos pais, que também estão em isolamento no Manoel Novaes, e da avó da criança, internada no Hospital Calixto Midlej Filho. Mais cedo, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, mantenedora das duas unidades de saúde, emitiu nota informando que todos apresentavam sintomas leves, sem sinais de gravidade, e que aguardava os resultados dos exames.

Veja a Nota Informativa da Santa Casa de Itabuna

Atualizando as informações divulgadas nesta terça-feira (25.02), a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna informa que existem quatro casos suspeitos de Coronavírus em suas Unidades Hospitalares: uma criança e os pais que estiveram recentemente na Itália (seguem em observação no Hospital Manoel Novaes) e a avó, que manteve contato prolongado com os familiares após retorno da viagem (seguem observação no Hospital Calixto Midlej Filho). Todos com sintomas leves, sem sinais de gravidade

Sobre o quadro clínico dos pacientes, todos encontram-se em precauções respiratórias/contato, estáveis e recebendo condutas para a COVID-19. A Santa Casa de Itabuna segue aguardando os resultados dos exames de diagnóstico para a doença.

Sobre a transmissibilidade do Coronavírus, a instituição mantém condutas previamente divulgadas de prevenção ao contágio ou contaminação: os trabalhadores que tem contato direto com o paciente nas Unidades de Internação estão seguindo rigorosamente o Protocolo de Prevenção à Disseminação da Doença estabelecido pelo Ministério da Saúde e OMS; os demais funcionários, outros pacientes e acompanhantes, ressalte-se todos que não tenham contato direto com os pacientes, não há necessidade de utilização de máscaras, registrando-se, no entanto, a importância de reforçar a correta higienização das mãos.

Retirado do Blog de Giorlando Lima:

Bahia sem coronavírus | Criança internada em Itabuna não tem a doença, informa secretário estadual de Saúde

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS