BA-131, que liga Jacobina ao município de Senhor do Bonfiim será restaurada

27 de agosto de 2020, 10:44

No trecho de 97 quilômetros seram beneficiados os municípios de Caém, Saúde, Pindobaçu e Antônio Gonçalves (Foto: Reprodução)

Os 97 quilômetros da BA-131, entre Senhor do Bonfim e a BR-324, passando por Saúde e Caém, serão recuperados. O aviso de licitação para a realização da obra pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), através do Programa de Recuperação e Manutenção de Rodovias (Premar II), foi publicado no Diário Oficial do Estado (D.O.E.) desta quarta-feira (26). A abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas está prevista para 01 de outubro e será feita por meio de videoconferência no portal da Seinfra.

Os serviços no Centro Norte Baiano irão atender 210 mil moradores de Antônio Gonçalves, Pindobaçu e Jacobina, junto com Senhor do Bonfim, Saúde e Caém. O escoamento da produção agrícola local, a apicultura e a extração de minério serão as atividades econômicas beneficiadas com os trabalhos na via. Na região, a Seinfra já vem realizando outras obras de infraestrutura como a construção de aeródromo e as manutenções de rodovias estaduais. 

O secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti destaca a importância do novo equipamento aeroviário para o estado. “O aeródromo de Senhor do Bonfim contribuirá para o desenvolvimento da aviação regional baiana. Os serviços no equipamento encontram-se com 23% de execução e previstos para serem concluídos em junho do próximo ano. Nesta fase estão sendo implantadas a pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de estacionamento de aeronaves”, ressalta. Além disso, o Consórcio Piemonte Norte do Itapicuru finalizou neste mês de agosto as manutenções na BA-131, de Senhor do Bonfim até Antônio Gonçalves, e da BA-220, que liga Senhor do Bonfim a Andorinha.

Ascom/Seinfra

 
 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS