Aprenda alguns truques para conservar melhor o pão

21 de maio de 2020, 07:45

Para começar: nunca deixe a embalagem do pão meio aberta (Foto: Reprodução)

Opão é um alimento que não tem um prazo de validade muito grande e ainda assim acaba estragando antes do tempo. O problema provavelmente acontece por falta adequada de armazenamento.

Mas há algumas medidas que pode tomar para conseguir que o pão não se estrague tão rápido. Temos algumas dicas que vão lhe ajudar corretamente a conservar o pão por mais tempo.

1. Nunca deixe a embalagem do pão aberta: O contato com o ar vai fazer com que se estrague mais rápido.

2. Guarde o pão num local limpo, seco e arejado: Este tipo de ambiente vai protegê-lo do exterior e vai fazer com que dure mais tempo.

3. Mantenha-o longe dos odores fortes: Nunca guarde o pão perto de detergentes ou de odores fortes que o possam contaminar.

4. Não guarde o pão em cima ou dentro do forno ou do microondas: O calor prejudica a conservação e a qualidade do produto.

5. Evite a exposição direta ao sol ou ao calor das lâmpadas: O calor vai fazer com que o plástico da embalagem do pão ‘transpire’ e armazene umidade que vai fazer com que o pão ganhe bolor.

6. Para conservar durante mais tempo, guarde-o no congelador: Para evitar estragar o pão que sabe que não consegue comer até ao fim da validade, congele-o mas evite a umidade.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS