Após seis meses em coma, bebê acorda sorrindo para o pai

28 de outubro de 2019, 22:12

(Foto: Reprodução)

Michael Labuschagne tem pouco tempo de vida, mas já passou por um momento único e de superação em um hospital de Bristol, na Inglaterra. O bebê ficou em coma por seis meses e retomou a consciência de uma maneira surpreendente.

Atualmente, Michael tem um ano e maio, mas na época da internação ele tinha apenas 10 meses de idade. Após acordar sem fôlego, ele foi levado para a emergência do hospital e diagnosticado com uma parada cardíaca.

Os médicos tiveram que induzir o coma, mas alertaram os pais que provavelmente a criança nunca mais voltaria a acordar. Só que na prática, as coisas funcionam de um jeito diferente. Michael contrariou todas as probabilidades e acordou do coma após seis meses, sorrindo para o pai, Stuart.

O momento foi interrompido pela notícia de que a criança poderia ter sofrido danos cerebrais irreversíveis. Porém, o bebê chocou os médicos após a realização de exames com resultados excelentes sobre a saúde de seu cérebro.

Apesar de não sofrer danos cerebrais, os pais de Michael ainda não podem respirar aliviados, já que o bebê foi diagnosticado com um tumor no coração. Agora, os pais realizam uma campanha de arrecadação para realizar a cirurgia do filho em um hospital de Boston, nos EUA, que tem tecnologia para remover o tumor.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS