Ao contrário de outros municípios, Jacobina recebe a notícia da autorização da vacina contra a Covid-19 com timidez

18 de janeiro de 2021, 16:35

Jacobina não está na lista nos municípios que receberão lotes de vacina nesta segunda-feira (18) (Foto: Notícia Limpa)

Enquanto outros municípios se mobilizam efetivamente para receber as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 para uso emergencial, depois de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ter aprovado neste domingo (17), Jacobina tem se comportado timidamente com relação ao assunto.

A euforia da população com a expectativa da chegada do imunizante não parece ser a mesma da Secretaria de Saúde da cidade que até o momento não publicizou o seu plano de vacinação, como será o envio, o armazenamento e os locais onde o público alvo desta primeira fase será atendido.

O Notícia Limpa tentou contato com a secretária de Saúde do município, Kátia Alves, por telefone e por WhatsApp, mas não foi atendido, nem recebeu retorno das mensagens.

Com o site oficial da Prefeitura de Jacobina ainda está inativado, as informações institucionais obtidas desde o início do governo do prefeito Tiago Dias têm sido apenas via redes sociais; o que vem dificultando o trabalho da imprensa por falta de acesso, principalmente com relação às pautas relacionadas à área da saúde. Os boletins epidemiológicos por exemplo estão sendo disponibilizados apenas em forma de gráficos, sem informações complementares, postados também nas redes sociais.

As principais notícias dos órgãos de imprensa do Brasil desta segunda-feira (18), foram relacionadas ao início da vacinação contra a Covid-19 no país. Em Jacobina, a notícia principal, encontrada com mais frequência nas redes sociais, foi o início da capinagem do leito do Rio do Ouro.

Conforme a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), o Estado vai receber neste primeiro momento 376.600 doses da vacina CoronaVac e a vacinação começará na terça-feira (19) tanto na capital baiana quanto no estado. As doses chegarão pelo aeroporto de Salvador e serão distribuídas para as outras cidades baianas a partir das 22h desta segunda-feira (18). Sete aeronaves, entre elas dois helicópteros, e outros 243 veículos serão usados. As vacinas serão levadas, com escolta, para as cidades de: Barreiras, Guanambi, Ilhéus, Irecê; Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Petrolina (PE) para Juazeiro, Lençóis para Seabra, e Porto Seguro.

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS