Alimentos diuréticos para incluir numa dieta de emagrecimento

04 de janeiro de 2020, 07:09

Há vários fatores que podem estar a causar retenção de líquidos (Foto: Reprodução)

Quer emagrecer? A retenção de líquidos provoca o inchaço do abdomen, por essa razão, é importante incluir alimentos diuréticos na sua alimentação. 

Estes alimentos limpam as toxinas nocivas de forma segura e controlada, deixando o corpo com a quantidade de água correta. 

Os alimentos diuréticos podem ser frutas, verduras, legumes, ervas e temperos que ajudam no bom funcionamento dos rins, facilitando a filtragem do órgão e limpando as toxinas do organismo através da urina. 

Mas que alimentos são estes?

Melancia: Composta por 90% de água é um dos principais combatentes da retenção de líquidos pois estimula a produção de urina.

Cenoura: A ação dos minerais, como silício e potássio, aceleram o metabolismo.

Pepino: Altamente diurético, ajuda a eliminar o excesso de ácido úrico do organismo.

Abacaxi: Essencial para o sistema digestivo e também para o urinário.

Berinjela: A água extraída do alimento ajuda a diminuir o inchaço do corpo e a estimular a produção de urina.

Pera: O seu efeito diurético faz com que seja um excelente alimento tanto para hipertensos como para quem sofre com a retenção de líquidos.

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS