Airbnb bane usuário que instalou câmera em quarto de turistas em SP

29 de janeiro de 2018, 09:09

Valores gastos por hóspedes também serão ressarcidos pela plataforma de hospedagens

O site de hospedagens pela internet Airbnb decidiu ressarcir o valor gasto pelo casal de turistas do ABC Paulista que estava passando férias num apartamento locado através da plataforma, quando encontrou uma câmera escondida no quarto. Segundo o ‘G1’, quatro diárias no imóvel, que fica na Ilha Porchat, em São Vicente, saíram por R$ 922,37. O dono do apartamento também foi banido do site.
A decisão foi tomada neste domingo (28) e o crédito deve acontecer entre cinco e sete dias, de acordo com a advogada do casal, Cátia Menecatte. Ela informou também que a empresa está analisando outros gastos, como com hotel e combustível. “Eles mandaram os comprovantes. Estamos aguardando o retorno, mas não vejo nenhuma resistência”, contou.
Cátia está acompanhando as investigações da polícia, que vai verificar se as imagens estão armazenadas, foram vistas ou divulgadas. Só então, vai decidir o que será feito a seguir.

O ‘G1’ tentou contato com o dono do imóvel, mas o celular está indisponível.

O Airbnb informou que baniu permanentemente o anfitrião da plataforma assim que soube do caso. A empresa garante que as regras sobre o uso de câmeras são claras. Os dispositivos são proibidos em quartos e banheiros e devem ser anunciados se houver em outros cômodos.

Principais sintomas físicos e mentais da abstinência de nicotina

A síndrome de abstinência de nicotina provoca inúmeros sintomas nos ex-fumantes. Contudo, explica um artigo publicado no portal Melhor Com Saúde, esses efeitos colaterais variam em intensidade dependendo da pessoa. 

O fato da nicotina ser uma droga muito viciante faz com que o hormônio conhecido como dopamina seja liberado no cérebro – este hormônio é responsável por aumentar a sensação de prazer e bem-estar. E como tal, o organismo reage negativa e violentamente à ausência da droga.

Ainda assim, a síndrome de abstinência de nicotina não representa qualquer risco para a saúde. Estima-se que os sintomas associados à condição afetam até 85% dos ex-fumantes. 

Os sintomas desta síndrome variam, mas, sem dúvida alguma, o mais comum é a vontade de fumar que pode surgir na presença de múltiplos estímulos, como por exemplo ver outra pessoa fumar, ou inclusive sem uma causa aparente.

Os principais sintomas da síndrome de abstinência da nicotina são os seguintes, de acordo com o portal Melhor Com Saúde:

Sintomas físicos

Aumento do apetite
Tosse
Boca seca
Dor de cabeça
Tontura
Fadiga
Coriza (inflamação da mucosa das fossas nasais; rinite, defluxo)
Dor de garganta, na língua ou gengivas
Sensação de aperto no peito
Ganho de peso
Frequência cardíaca mais lenta ou bradicardia
Obstipação
Hipotensão

Sintomas mentais

Ansiedade, inquietação e irritabilidade
Dificuldade em se concentrar
Insônia e dificuldade para dormir bem
Raiva e frustração
Depressão
Desânimo
Mau humor

Os sintomas da síndrome de abstinência da nicotina normalmente duram de 4 a 12 semanas e surgem nas primeiras 12 a 24 horas após parar de fumar. 

Os especialistas explicam que a fase mais critica são as primeiras duas a três semanas de cessação tabágica. Sendo que os sintomas começam gradualmente a desaparecer e, com o tempo o indivíduo aprende a controlar o desejo de fumar. 

VÍDEOS