Quarta-feira é dia de se unir em oração no Brasil e na Itália pelo fim da pandemia

15 de abril de 2020, 08:15

A rede nacional de oração no Brasil começa às 15h30 desta quarta-feira (Foto: AFP or licensors)

A CNBB tem convidado a comunidade católica brasileira a rezar o Terço da Esperança e da Solidariedade toda quarta-feira, com transmissão pela TV e redes sociais. Na Itália, a corrente de oração desta quarta-feira (15), também transmitida ao vivo, será concluída com a Súplica a Nossa Senhora do Santo Rosário de Pompeia.

Pela quinta semana consecutiva, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil convida a rezar o Terço da Esperança e da Solidariedade nesta quarta-feira (15), como aconteceu nos últimos dias 1º e 8 de abril, por exemplo. A corrente nacional de oração está marcada para às 15h30 em comunhão com toda a Igreja no país.

Reze junto no Brasil

O momento de oração será transmitido pelos canais de TV de inspiração católica, emissoras de rádio e pelos perfis da CNBB no Facebook e no YouTube. Para compartilhar a união em oração pelas redes sociais, os bispos convidam a usar a hashtag adotada pelo Papa Francisco: #RezemosJuntos.

Diante da pandemia do Covid-19, o Terço da Esperança e da Solidariedade também entra em comunhão com o Pontífice no compromisso de intensificar as orações neste período unindo os fiéis do Brasil. Já na Itália, a comunidade católica vai se reunir em oração às 21h, hora italiana, (16h no horário de Brasília).

Reze junto na Itália

A oração será conduzida pelo delegado pontifício, o arcebispo Tommaso Caputo, e concluída com a Súplica a Nossa Senhora do Santo Rosário de Pompeia. Os fiéis poderão rezar junto seguindo a transmissão ao vivo pelo canal italiano católico TV2000, pela emissora InBluradio e pela página do Pontifício Santuário da beata de Pompeia no Facebook. A iniciativa ainda conta com o apoio do jornal católico Avvenire, Sir, Federação dos Semanários Católicos, Corallo e secretaria-geral da Conferência dos Bispos da Itália (CEI)

 

Como aumentar a imunidade rapidamente 

Para aumentar a imunidade rapidamente deixando o corpo mais forte no combate aos agentes agressores deve-se:

Adotar bons hábitos de saúde, realizando atividade física, dormindo adequadamente e evitando situações de estresse;

Evitar o cigarro ou estar exposto ao cigarro;

Expor-se ao sol diariamente, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas, sem protetor solar, para aumentar a produção de vitamina D no organismo;

Consumir alimentos saudáveis e manter uma dieta equilibrada, que inclua o consumo de frutas, verduras e legumes, de preferência orgânicos ou produzidos em casa sem agrotóxicos;

Evitar ao máximo fast food e alimentos industrializados e comidas congeladas como pizzas e lasanhas, por exemplo, pois contém substâncias que promovem a inflamação do organismo;

Evitar tomar remédios sem orientação médica;

Beber cerca de 2 litros de água mineral ou filtrada todos os dias. 

Além disso, caso tenha alguma doença causada por vírus, como gripe, por exemplo, é importante evitar frequentar lugares públicos fechados, como shopping, teatros e cinemas, além de ser importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, assim como evitar tocar os olhos, nariz e a boca com as mãos sujas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de adquirir a doença e de haver o desenvolvimento de complicações, principalmente no caso da pessoa possuir o sistema imunológico mais fraco.

VÍDEOS