NOTÍCIAS EM DESTAQUE


NOTÍCIA

Vida que segue

03 de janeiro de 2019, 13:08

NOTÍCIA

Que se ame o outro como a si mesmo

27 de dezembro de 2018, 12:58

Mundo/Corrupção

Presidente argentino é convocado a depor por corrupção

11 de dezembro de 2018, 16:56

IA consegue criar impressões digitais falsas e enganar sensores biométricos

16 de novembro de 2018, 13:42

(Foto: Reprodução)

Uma inteligência artificial chamada DeepMastersPrint é capaz de criar impressões digitais falsas e enganar sistemas de autenticação por biometria. Criada a partir de uma rede neural, a IA é um projeto de uma equipe de cinco pesquisadores liderados por Philip Bontrager, da Universidade de Nova York. O artigo com os primeiros resultados da pesquisa foi apresentado em um congresso no mês passado e mostra que a IA pode contribuir para melhorar a segurança de produtos que utilizam a biometria. Afinal, apontar possíveis falhas em sistemas de segurança utilizados atualmente é uma das formas de incentivar a adoção de novas e melhores medidas. Para funcionar, a IA se aproveita do fato de muitos leitores de digitais analisarem apenas uma parte da ponta do dedo e compararem com as partes cadastradas. Isso é feito puramente por questões de usabilidade. Do contrário, o desbloqueio de um aparelho utilizando esse método seria extremamente demorado e exigiria que o usuário encostasse todo o dedo no sensor sempre que precisasse confirmar a identidade. Impressões digitais reais (esquerda) e impressões falsas geradas artificialmente (direita). Com isso em mente, os pesquisadores utilizaram uma técnica de aprendizado de máquina e alimentaram a rede com dados de digitais reais. A partir disso, a IA foi capaz de criar digitais falsas, que não tem donos humanos, contendo várias das partes mais comuns entre as digitais analisadas. Dessa forma, foi possível colocar várias dessas digitais falsas contra um sistema biométrico até que ele fosse enganado. Em entrevista ao The Guardian, Bontrager compara o método utilizado a um ataque de dicionário, que tenta adivinhar senhas ao testar milhares de combinações de palavras comuns. Esse detalhe também pode nos deixar um pouco mais tranquilos, pelo menos por enquanto. Ele garante que a IA não pode ser utilizada para invadir um smartphone ou computador, por exemplo, já que esses sistemas costumam bloquear o acesso quando há muitas tentativas erradas. Outro ponto interessante da pesquisa é que as digitais falsas criadas também podem enganar o olho humano, pois elas são muito semelhantes às reais. Anteriormente, uma técnica parecida foi usada para enganar sensores biométricos, mas as imagens geradas tinham um formato distorcido, permitindo que uma pessoa percebesse facilmente que não se tratava de um dedo real.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Quadro de Hockney é vendido a US$ 90 mi, recorde para um artista

16 de novembro de 2018, 12:32

Hockney, 81, despontou na cena de arte britânica no início dos anos 1960 e se tornou um dos mais populares artistas vivos (Foto: © Getty Images)

O quadro "Retrato de um Artista (Piscina com Duas Figuras)", do inglês David Hockney, foi vendido nesta quinta (15) num leilão da Christie's por US$ 90,3 milhões (cerca de R$ 342 milhões), batendo o recorde de vendas para um artista vivo - antes a marca era do americano Jeff Koons pela escultura "Balloon Dog", que atingiu US$ 58,4 milhões. Hockney, 81, despontou na cena de arte britânica no início dos anos 1960 e se tornou um dos mais populares artistas vivos, apesar de seu trabalho nem sempre ter sido levado a sério. Muitos criticavam que suas cores era muito fortes e suas figuras, realistas demais. Recentemente, foi tema de retrospectivas em grandes museus, uma no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, e outra no Tate Britain, recorde de público da instituição inglesa. "Retrato de um Artista (Piscina com Duas Figuras)" , um dos seus trabalhos mais admirados, é também um dos mais misteriosos. A tela, que mostra um jovem olhando para alguém que mergulha numa piscina, foi feita durante três meses de 1972, logo após o artista terminar um relacionamento com um jovem estudante chamado Peter Schlesinger -é num retrato dele que Hockney se inspirou para criar a figura em pé. Curador da exposição sobre o inglês no Metropolitan, Ian Alteveer disse ao New York Times que destacou a tela no catálogo da mostra porque ela atesta o ápice dos retratos duplos de Hockney e também uma mudança na forma em que o artista retrata a água: de um jorro distinto para uma solução de "encharcar" a tela. Com informações da Folhapress.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Coreia do Norte anuncia teste de “nova arma tática ultramoderna”

16 de novembro de 2018, 12:18

O líder norte-coreano, Kim Jong Un (C), durante o teste de uma arma tática, em uma localização não divulgada, em fotografia distribuída pela agência norte-coreana KCNA em 16 de novembro de 2018, da qual a AFP não conseguiu verificar a autenticidade (Foto: AFP)

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, supervisionou o teste de uma "arma tática ultramoderna", informou nesta sexta-feira a imprensa estatal de Pyongyang, no momento em que as conversações sobre a desnuclearização da península parecem estagnadas. Esta é a primeira informação oficial de um teste de arma da Coreia do Norte em quase um ano, quando Pyongyang se comprometeu com um processo diplomático com os Estados Unidos por seu programa nuclear e de mísseis. "Kim Jong Un visitou a área de teste da Academia de Ciências e Defesa e inspecionou o teste de uma arma tática de alta tecnologia", afirmou a agência estatal norte-coreana KCNA. A agência destacou que o teste foi bem-sucedido, mas não especificou o tipo de dispositivo envolvido. A suspensão de Pyongyang dos testes de armas nucleares e mísseis balísticos tem sido fundamental para os rápidos desenvolvimentos diplomáticos deste ano e para as negociações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, e tem sido repetidamente elogiada pelo presidente Donald Trump. Trump e Kim se encontraram em uma reunião de cúpula histórica em Singapura em junho, onde assinaram um documento vago sobre a desnuclearização da península. Poucas horas depois do anúncio da KCNA, o Departamento de Estado americano destacou que "mantém a confiança" na continuidade do processo. "Na reunião de Singapura, o presidente Trump e Kim assumiram uma série de compromissos a respeito de uma desnuclearização definitiva e completamente verificada", afirmou o Departamento de Estado em um comunicado. "Estamos falando com os norte-coreanos sobre a implementação dos compromissos. Mantemos a confiança de que as promessas feitas pelo presidente Trump e o presidente Kim serão cumpridas", completou. Desde a reunião de junho, o progresso estagnou, enquanto Washington e Pyongyang discutem o significado do documento, e um retorno aos testes colocaria sérias dúvidas sobre o futuro do processo. O uso da palavra "tática" na informação da KCNA sugere que o teste não incluiu mísseis balísticos de longo alcance nem dispositivos nucleares. Até o momento não há indícios de que a Coreia do Sul tenha detectado tais testes. Kim expressou "grande satisfação" e afirmou que o teste representa uma "guinada decisiva para apoiar a capacidade de combate" do exército do Norte, segundo a KCNA. A "arma tática de alta tecnologia" foi desenvolvida durante um longo período e seu grande êxito "serve como outra notável demonstração da validade da política do Partido de priorizar a ciência e a tecnologia de defesa e o rápido desenvolvimento da capacidade defensiva", completou a agência. Em 2017, a Coreia do Norte anunciou o seu maior teste nuclear e afirmou dispor de foguetes com capacidade de atingir todo o território continental americano. Pouco depois, Kim indicou a conclusão do desenvolvimento de seu arsenal nuclear, que Pyongyang afirma ser necessário ante uma possível invasão dos Estados Unidos. Os Jogos Olímpicos de Inverno, organizados no início do ano na Coreia do Sul, no entanto, motivaram uma aproximação diplomática na península, o que possibilitou a reunião Trump-Kim e três encontros entre o líder norte-coreano e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in. Pyongyang, porém, deseja a redução das sanções contra o país, motivadas por seus programas armamentistas. Washington insiste que as medidas devem ser mantidas até a desnuclearização "final e completamente verificada" do Norte.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Ciência ajuda a descobrir se alguém está mentindo

16 de novembro de 2018, 12:08

Estudo aponta como descobrir uma mentira (Foto: Foto: iStock.com/Getty Images)

Sempre estamos em busca da verdade e fica difícil saber se as pessoas estão sendo 100% honestas. Um novo estudo tentou entender melhor como identificar se uma pessoa está mentindo, realizando um teste com participantes entre 19 e 37 anos. Organizada pela Universidade de Tampere, na Finlândia, a pesquisa descobriu que evitar olhar nos olhos ou olhar demais são indicadores de desonestidade. Durante o experimento os participantes tiveram que jogar um “jogo da mentira” contra uma outra pessoa pelo computador. Cada um tinha a chance de olhar breve seu oponente através de um vidro durante o jogo para que, em seguida, decidissem qual jogada escolher. Dependendo da jogada, o oponente poderia olhar o participante nos olhos ou manter os olhos na tela do computador. Os pesquisadores notaram que o contato visual direto reduzia a chance de mentira. Isso indica que a decisão em omitir a verdade depende de quem é a pessoa para quem você está mentindo, podendo ter influência apenas na maneira como cada um olha para o ouvinte. O estudo também derruba a ideia de que os mentirosos evitam o contato visual, pois eles estão cientes de que isso é um sinal que os entrega. Portanto, é comum que a segurança no olhar de um mentiroso seja, na verdade, um indício de sua falta de verdade. Apesar de experimental, o estudo pode ser útil para vários propósitos, como interrogatórios policiais, por exemplo. Outros estudos já foram realizados para tentar encontrar sinais que entregam os mentirosos.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Casal que não consegue sorrir apaixona-se e planeja construir família

16 de novembro de 2018, 12:00

Alex e Erin sofrem da síndrome de Moebius (Foto: © DR)

O sorriso é uma das melhores formar de se conquistar a simpatia - e o amor - de outra pessoa. Mas Alex Barker, de 45 anos, e Erin Smith, de 38 anos, sempre souberam que não seria por aí que conseguiriam conquistar o coração de alguém. Estes dois norte-americanos sofrem da síndrome de Moebius, uma rara condição que causa a paralisação dos nervos cranianos e impede que a pessoa consiga fazer expressões faciais, incluindo sorrir. Afeta, ainda, a fala das pessoas. + Criança toma pílulas após sofrer bullying: 'Chorei e ela saiu rindo' Alex e Erin conheceram-se por meio das redes sociais, num grupo criado para pessoas que sofrem da patologia, e acabaram se apaixonando. Quatro encontros depois, decidiram ficar noivos. Alex revela que crescer com a síndrome nem sempre foi fácil e que mesmo sendo um homem divertido e responsável, tinha dificuldades de arranjar namoradas, porque o fato de parecer uma pessoa mal disposta era um entrave. Tudo mudou depois de conhecer Erin. Os dois querem, agora, constituir a própria família e mostrar que o melhor sorriso é aquele que está dentro de cada um.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Descongestionante nasal pode piorar o glaucoma

16 de novembro de 2018, 11:32

Uso indiscriminado dificulta a circulação sanguínea, de colírio e humor aquoso nos olhos, além de causar outras alterações na saúde (Foto: Reprodução)

Mal começou a esfriar e 1.326 brasileiros já contraíram gripe pelo vírus influenza desde janeiro. Pior: Até agora são 214 óbitos em todo o país, sendo 128 pelo H1N1, conforme o último boletim do Ministério da Saúde. A chegada de dias mais frios e secos aumenta a incidência das doenças respiratórias e entope o nariz. Resultado: Muita gente usa descongestionante nasal como se fosse água. Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto do Instituto Penido Burnier a maioria dos remédios para nariz contraem os vasos do corpo todo e é por isso que alivia o entupimento. “O problema é que a medicação provoca inflamação nas paredes internas das narinas, o efeito passa rápido e para diminuir o desconforto é necessário pingar o remédio em intervalos cada vez menores”, afirma. Por isso, alerta, pode piorar o glaucoma, maior causa de perda definitiva da visão que afeta cerca 2% da população segundo o CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia). Efeito nos olhos Queiroz Neto explica que o glaucoma é uma doença crônica que não causa dor ou qualquer sintoma no início. Quanto antes for diagnosticada maiores são as chances de manter a visão. “A elevação da pressão intraocular causada pelo bloqueio do escoamento do humor aquoso, líquido que preenche o globo ocular, é o principal fator que provoca a morte das células ganglionares da retina e seus axônios, as fibras do nervo óptico. A morte dessas células que leva à perda permanente da visão periférica” afirma. Também contribui com a progressão da doença a baixa perfusão ocular, ou seja, a menor circulação sanguínea, de humor aquoso e medicamento, salienta. “É por isso que ao contrair todos os vasos do corpo, inclusive do globo ocular, o uso prolongado de descongestionante nasal piora o glaucoma”, destaca. Isso explica porque algumas pessoas que usam corretamente os colírios antiglaucomatosos têm progressão da perda visual”. Quem deve estar atento O oftalmologista ressalta que os principais grupos de risco para desenvolver o glaucoma são as pessoas de raça negra, portadores de alta miopia, diabetes, quem tem mais de 40 anos, córnea fina, já passou por trauma ocular ou possui familiares com a doença. Por prevenção, afirma, estes grupos devem fazer exame de vista periodicamente. Isso porque, é necessário perder mais de 40% dos axiomas do nervo óptico para que a redução do campo de visão seja percebida e o custo do tratamento é três vezes maior quando a doença já está em estágio avançado. A dica do médico para aliviar o nariz entupido é higienizar com soro fisiológico de manhã e à noite. Não desaparecendo o sintoma, recomenda consultar um otorrino para descobrir a causa. Isso porque, além de agravar o glaucoma, o uso de descongestionante pode causar hipertensão arterial e doenças cardíacas.´ Colírio gratuito Queiroz Neto afirma que tanto os colírios como as medicações orais para glaucoma são distribuídos gratuitamente nas farmácias de alto custo. Para ter acesso é necessário apresentar cópia do CSN (Cartão Nacional de Saúde) que pode ser retirado no centro de saúde mais próxima da residência do requerente, laudo preenchido pelo médico, receita em duas vias, termo de consentimento do paciente, cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Os modelos tanto do laudo médico como do termo de consentimento encontram-se disponíveis nos sites das secretarias de saúde de cada cidade. A liberação demora de 14 a 45 dias.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Caso fabricantes quisessem, celulares poderiam durar até 15 anos

16 de novembro de 2018, 11:25

(Foto: Reprodução)

Todos os fabricantes de celulares fazem isto neste momento A obsolescê Cia programada afeta produtos de vários setores, sejam têxteis, eletrodomésticos ou smartphones, que poucos anos depois de serem adquiridos começam a estragar. Segundo Benito Muros, presidente da Fundação Energia e Inovação Sustentável sem Obsolescência Programada "absolutamente todos os fabricantes de celulares fazem isto neste momento". Em declarações ao El País, o especialista explica ainda que a vida de um telefone hoje em dia é de dois anos, depois disso será certo que vai começar a dar problemas e as reparações custam, normalmente, até 40% do que custaria um novo. "Caso a obsolescência programada não existisse, um celular teria uma vida útil de 12 a 15 anos", afirma. A Autoridade Italiana de Concorrência e Garantia de Mercado impôs, há cerca de duas semanas, uma multa de cinco milhões de euros à Samsung e outra de 10 milhões à Apple por obrigarem os clientes a fazer atualizações de software que deixam os aparelhos mais lentos. As empresas são acusadas de realizar "práticas comerciais desleais" e que causam "disfunções sérias" nos dispositivos. As pessoas hoje em dia trocam os celulares em média uma vez por ano, mas os primeiros aparelhos tinham uma vida útil de até seis anos. "Vivemos na era da obsolescência programada. Não apenas em celulares, mas também em móveis, calçados ou eletrodomésticos. As máquinas de lavar roupa que nossos pais tinham duravam 20 ou 30 anos e agora duram pouco mais de sete", afirma Alodia Pérez, responsável pela organização Recursos Naturais e Resíduos da organização Amigos da Terra, referindo ainda de que se trata de uma estratégia de mercado para poder continuar a vender. Enquanto em países como Itália e França, as leis já estão em andamento para proibir esse tipo de prática, nos restantes, não existe uma lei que penalize a obsolescência programada

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Encontrada nova ‘superterra’ próxima ao nosso planeta

16 de novembro de 2018, 11:07

Foto cedida pelo Observatório Europeu do Sul em 13 de novembro de 2018 mostra desenho de artista da superfície da "superterra"

Uma nova "superterra" foi descoberta na órbita de uma estrela vizinha do sistema solar: um mundo "frio e escuro", não adequado à vida como a conhecemos, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira na revista Nature. Este planeta, batizado provisoriamente "Estrela de Barnard b", foi detectado na constelação de Ofiúco, em volta da estrela de Barnard, que fica a apenas seis anos-luz da Terra (um ano-luz equivale a 9,46 trilhões de km). "É nossa vizinha", declarou à AFP o coautor do estudo Ignasi Ribas, do Instituto de Estudos Espaciais da Catalunha e do Instituto Espanhol de Ciências do Espaço. Esta proximidade poderia permitir estudá-la com a chegada próxima de instrumentos de observação mais modernos. O planeta, que completa uma volta em sua estrela em 233 dias, foi detectado graças aos espectrômetros HARPS e UVES, caçadores de planetas do Observatório Europeu Austral (ESO), instalado no Chile. Segundo os pesquisadores, a Estrela de Barnard b tem uma massa 3,2 vezes superior à da Terra e portanto é chamada de "superterra". Para os astrônomos, trata-se de um "mundo frio e escuro", iluminado apenas por sua estrela, uma anã vermelha provavelmente duas vezes mais antiga que o sol. Mesmo sendo próxima a sua estrela (0,4 vezes a distância que separa a Terra do Sol), os cientistas acreditam que só recebe 2% da energia que a Terra recebe de sua estrela. Sua temperatura de superfície não superaria -170ºC, o que exclui a existência de água em estado líquido e portanto, a vida como a conhecemos. Os pesquisadores conseguiram detectar este novo mundo utilizando "mais de 20 anos de dados" e sete instrumentos de observação que permitem determinar as variações de velocidade da estrela gerados pela presença de um exoplaneta. A Estrela de Barnard b é o exoplaneta mais próximo à Terra depois de Proxima b, cuja descoberta foi amplamente noticiada em 2016. Este se encontra na órbita da estrela Proxima Centauri, a 4,2 anos-luz.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Cansaço pode ser indício de insuficiência cardíaca

15 de novembro de 2018, 12:49

(Foto: Reprodução)

Especialista comenta os principais sintomas e novos tratamentos Sentir cansaço excessivo pode indicar muito mais do que falta de tempo para descanso: tendo-o como principal sintoma, a insuficiência cardíaca é uma doença em que o coração não consegue bombear o sangue necessário para o corpo inteiro, podendo prejudicar o funcionamento do organismo. Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), são mais de 2 milhões de casos de insuficiência cardíaca por ano no Brasil. Segundo o cirurgião cardíaco e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, Dr. Élcio Pires Júnior, a insuficiência cardíaca é uma doença silenciosa. “A maioria dos pacientes não sentem sintomas nos primeiros estágios da doença, pois acreditam que a fadiga e a falta de ar aconteçam devido ao envelhecimento”, comenta. Cansaço causado pela insuficiência cardíaca A insuficiência cardíaca é uma doença lenta e gradativa: a fraqueza e o cansaço vão ficando cada vez mais recorrentes, indo da fadiga ao realizar esforços até que o paciente com quadro mais avançado se canse com atividades mais comuns, como tomar banho e escovar os dentes. “Isso acontece devido ao baixo fluxo sanguíneo. É por isso que pessoas com insuficiência não conseguem ficar tanto tempo deitadas, pois há um tipo de congestionamento no sangue que vai para o pulmão e o que volta para o coração, causando a falta de ar”, explica o especialista. Insuficiência cardíaca acontece apenas em idosos? Embora os idosos sejam o grupo etário mais atingido pela doença, a insuficiência cardíaca pode acontecer em qualquer idade, dependendo principalmente do estilo de vida que se tem. “Quando envelhecemos, sofremos alterações no coração que fazem com que os batimentos cardíacos não sejam tão eficazes. Porém, a insuficiência pode também aparecer repentinamente, sem ter a idade como um dos fatores”, conta Élcio. Outros sintomas e novos tratamentos A insuficiência cardíaca pode ocorrer devido há vários fatores: tabagismo, hipertensão, obesidade, diabetes, uso de drogas, alcoolismo doenças pulmonares. Resultando em outros sintomas como tosse, inchaço nos pés e abdome, ganho de peso, perda de apetite, dificuldade para dormir, náuseas e vômitos. Após mais de uma década sem novos tratamentos para a doença, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recentemente aprovou um medicamento que duplica o efeito do enalapril, medicamento que controla a hipertensão e a insuficiência cardíaca. “O novo medicamento é um composto desacubitril e valsartana que ajuda o funcionamento do coração e causa o relaxamento dos vasos, melhorando o fluxo sanguíneo”, finaliza o cirurgião.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Bebê é atacado dentro de casa por macaco, em Araucária

15 de novembro de 2018, 12:43

(Foto: © Ed Dimas da Cunha / Acervo Pessoal)

Menina assistia à televisão na sala de casa quando foi atacada pelo animal Uma menina de um ano e nove meses foi atacada por um macaco bugio dentro de casa nesta quarta-feira (14), enquanto assistia televisão, na cidade de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (PR). Segundo o G1, o animal invadiu a sala pela sacada do prédio e atacou o bebê na cabeça, segundo o pai da criança, Fernando Henrique Balardim. "Ele fez dois ferimentos, um no topo da cabeça, expondo o crânio, e outro profundo na testa" contou Fernando. Segundo o pai, a menina passou por uma cirurgia para reconstituição do couro cabeludo e apresenta quadro estável. Segundo o síndico do condomínio, Ed Dimas da Cunha, o macaco tem aparecido com frequência nas redondezas há dois meses. "Procuramos os órgãos ambientais para saber quais as providências deveriam ser tomadas e nunca tivemos resposta", disse. Órgãos ambientais afirmam que os animais aparecem no perímetro urbano em decorrência do desmatamento ocorrido em seu território.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

iPhone X explode após atualização do iOS e surpreende até mesmo a Apple

15 de novembro de 2018, 12:32

Um usuário foi surpreendido com seu iPhone X, com apenas 10 meses de uso, soltando fumaça e depois explodindo após a atualização para o iOS 12.1. A Apple ficou surpresa e disse que esse comportamento não é esperado

"Definitivamente este não é um comportamento esperado" do iPhone X, disse a Apple a um usuário cujo smartphone simplesmente superaqueceu a ponto de explodir, depois de ter sido atualizado para o iOS 12.1. O dono do aparelho publicou imagens do iPhone X danificado em seu Twitter, com essa resposta sendo dada pelo perfil oficial de suporte da Maçã. De acordo com o dono do aparelho, seu iPhone X, com apenas 10 meses de uso, começou a soltar fumaça até que, de repente, explodiu depois do update. Ele contou: "Neste ano, no começo de janeiro, comprei o iPhone e o usei normalmente", até que ele decidiu atualizar o sistema para o iOS 12.1. Durante o processo de instalação, o aparelho estava sendo carregado na tomada, quando "uma fumaça cinza escura começou a sair do aparelho; a atualização foi concluída e assim que o telefone ligou, começou a pegar fogo". Segundo o usuário, tanto o cabo quanto o carregador usados no momento do incidente eram originais, ainda que a explosão tenha acontecido depois de o aparelho ter sido tirado da tomada. Nesse momento, ele segurou seu iPhone e observou que ele estava muito quente pouco antes de a fumaça começar a sair. A Apple, então, pediu para que o usuário enviasse o dispositivo à sua central de suporte para que a empresa possa investigar a causa do problema.

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

Comerciante fica milionária por erro de banco e decide devolver dinheiro

15 de novembro de 2018, 12:26

(Foto: Manoel Neto/TV Gazeta/Reprodução)

O que você faria ao checar sua conta corrente e encontrasse nada menos que R$ 2 milhões subitamente? Uma comerciante do Espírito Santo, ao se descobrir milionária da noite para o dia, não pensou duas vezes: ligou para o banco e comunicou que alguma coisa havia acontecido de errado! O caso ocorreu na última terça-feira (13). Vanilda Bruni de Souza ficou perplexa ao abrir seu extrato bancário e descobrir um saldo de mais de R$ 2 milhões em sua conta. Quem descobriu o engano foi a sobrinha da comerciante, Paula Beatriz de Souza. “Eu falei ‘tia, tem dinheiro demais na conta, é muito dinheiro e eu nem sei de onde veio, tem alguma coisa errada’”, comentou a menina, que trabalha como operadora de caixa para a Vanilda, em entrevista à TV Gazeta. Antes do engano do banco, a conta contava com aproximadamente R$ 1.500 de saldo. Assim que percebeu que havia ocorrido um engano por parte do banco, Vanilda ligou para a gerência e contou o que tinha acontecido. Segundo ela, o próprio gerente se espantou. “Quando ele abriu, ele se assustou e falou que a minha conta estava milionária”, contou a comerciante. “Ele falou que teve um problema, que realmente estava na minha conta e que ele não era meu”, continuou Vanilda. Segundo ela, horas depois o dinheiro já havia sido removido de sua conta corrente. O banco afirmou horas depois que o erro, causado por uma modificação específica nos sistemas de saldos, atingiu outras contas, mas todas já foram arrumadas. A comerciante possui um restaurante em Vitória e já trabalhou como lavadeira, doméstica e vendedora de lanches por cinco anos em uma barraca de rua. Mesmo cheia de dívidas, ela sequer cogitou ficar com o dinheiro que surgiu na sua conta. “Eu tenho certeza que o que Deus tem para me dar é mais de R$ 2 milhões”, encerrou. Que exemplo de honestidade, não?

Leia mais...

DIVULGUE A NOTÍCIA

FACEBOOK

VÍDEOS